domingo, 15 de março de 2015

Polícia prende homicida na área do Anjo da Guarda

                          (Foto: Nilson Figueiredo)
A equipe de investigadores da delegacia do Anjo da Guarda prendeu na manhã desta sexta-feira (13), o suspeito de ter praticado quatro homicídios na área do Itaqui Bacanga. Hudson Marlyy Xavier Alves, 22 anos, conhecido como “Duduca”. Ele foi preso ao ser surpreendido pelos investigadores do 5º DP, quando estava escondido na residência de sua avó. 
O delegado Walter Wanderley que coordenou a operação disse que Hudson Marlyy é suspeito de pelo menos seis crimes entre eles, quatro homicídios. As vitimas foram Ubirajara Silva Nascimento, que foi morto em março de 2014; Bruno Costa Ferreira, conhecido como “Pé de pato”, morto em abril de 2014; Anderson Santos Martins, conhecido como “Corpinho”, morto em novembro de 2014; Tiago Fernando Aires, morto em fevereiro de 2015. 
O delegado reiterou que “O último crime o qual foi vitimado Tiago Fernando, foi realizado com a participação de Hudson Marlyy e de outros comparsas. A vítima era partícipe de outra facção e foi morto de forma cruel, pois foi morto com mais de 15 facadas e ainda tentaram o decapitar, não conseguindo, jogaram o corpo nas proximidades da maré”, completou o delegado Walter. 
O delegado do 5º DP adiantou que a prisão do suspeito aconteceu no bairro do Anjo da Guarda e sucedeu por meio de uma ligação anônima, que foi checada pela polícia e confirmada a presença dele no interior da residência. Os policiais de imediato cercaram o local e realizaram o cumprimento da sua prisão preventiva.
O criminoso estava usando do abuso da liberdade, que foi concedida pela justiça pelos outros crimes. Nesta situação de liberdade, ele cometeu o crime contra a vida de Tiago Fernando. Pedimos a sua prisão preventiva que foi concedida pela Justiça, dai realizamos o cumprimento da sua prisão. 
O titular disse que “Já realizei quatro procedimentos de homicídios contra o suspeito, sendo que os outros foram por roubo e formação de quadrilha. Espero que o Duduca permaneça preso para que a comunidade possa permanecer sem ser intimidada pelo criminoso”, completou o delegado.
Assista a Reportagem completa do Delegado Walter Wandeley do 5º DP do Bairro do Anjo Da Guarda.




Fonte: Ascom SSP

sábado, 14 de março de 2015

Sejap publica edital de seletivo para Rosário

Na próxima terça-feira (17) iniciam as inscrições para o processo seletivo de contratação temporária para cadastro de reserva de auxiliar de segurança penitenciária. O edital foi publicado no Diário Oficial desta sexta-feira (13) e poderá ser acessado a partir da próxima segunda-feira (16). A primeira etapa do seletivo será direcionada para o município de Rosário e até o dia 19 o candidato poderá se inscrever pelo site www.sejap.ma.gov.br. Em etapas seguintes, os seletivos serão direcionados a outras cidades que prestem serviços carcerários. 
A partir do cadastro, serão selecionados cerca de 20 candidatos, conforme necessidade e conveniência do órgão para o município de Rosário. Para participar do processo seletivo, o interessado precisa ter ensino médio completo, mais de 18 anos e comprovar experiência no sistema prisional. O aprovado exercerá funções de guarda e vigilância dos presídios, auxiliando diretamente no deslocamento interno dos detentos. 
O secretário da Administração Penitenciária (Sejap), Murilo Andrade de Oliveira, ressalta que o seletivo confere eficiência ao sistema e idoneidade ao quadro funcional da Sejap. “Esse é só o primeiro passo de uma grande mudança que vai profissionalizar todos os servidores de presídios. Essa é uma determinação do governador Flávio Dino para chegarmos ao objetivo final que é humanizar os internos e garantir segurança nas penitenciárias, colocando fim às terceirizações”, explicou o secretário Murilo. 
Fim das terceirizações 
O governador Flávio Dino enviou Medida Provisória à Assembleia Legislativa, que estabelece o fim das terceirizações no sistema penitenciário e a realização de processo seletivo para a contratação temporária de 1,3 mil profissionais, para reforçar a segurança nas unidades prisionais. “Este é um passo importante na gestão do sistema penitenciário do Maranhão: substituir as terceirizações e economizar mais de R$ 20 milhões por ano. Com o dinheiro economizado, vamos avançar na organização das unidades, investindo em segurança e no respeito à Lei de Execuções Penais”, afirmou o governador Flávio Dino. 
Durante a administração passada, foram criadas estruturas que não possuem respaldo institucional para a legitimidade da atuação. Essas estruturas, em grande maioria, são operadas por contratados de empresas terceirizadas, colocando em dúvida a atuação desses setores. 
Legalidade e economia com o seletivo 
O processo seletivo para a contratação temporária até a conclusão de concurso público garantirá tanto a legalidade das funções quanto economia aos cofres públicos. A remuneração do cargo para vigilante penitenciário será de R$ 1,5 mil enquanto para o cargo de agente penitenciário será de R$ 3,9 mil.
O gasto anual com os 1,3 mil profissionais totalizará R$ 42 milhões. O valor corresponde a uma economia de quase R$ 22 milhões aos cofres públicos ao comparar com os gastos estabelecidos na gestão anterior que alcançam a cifra dos R$ 63 milhões. Desse montante, R$ 49,4 milhões são gastos com os 930 terceirizados da VTI e R$ 14,4 milhões com os 472 da empresa Atlântica. 
“O seletivo é uma medida provisória até que seja concluída a etapa total do concurso e com toda certeza, estas mudanças trarão resultados positivos e faremos um bom trabalho com a chegada de novos profissionais”, garantiu o secretário da Sejap, Murilo de Oliveira.

Elementos são presos com 35 kg de crack na ponta da espera em São Luís

                                                                                        Foto: Nilson Figueiredo
Três homens identificados como Felipe Rafael Ferreira da Silva, de 25 anos, Ronaldo Clay Campos da Silva, 42, e Diogo Wervison Canuto, 27, foram presos na manhã deste sábado (14), no Terminal da Ponta da Espera, em  com 35 kg de crack.
De acordo com informações do delegado do Departamento de Narcóticos da Polícia Civil, Cláudio Mendes, a droga que estava vinda em um ferry boat para São Luís.
Veja a entrevista com Delegado Claudio da Denarc.



Estado investe em qualificação para coibir assaltos a instituições financeiras

                    Cel. Pereira  (Foto: J.Roberto)
De Janaína Berredo
Dando continuidade aos investimentos do governo do Estado para a redução da criminalidade e qualificação dos policiais, a Polícia Militar (PM) vai ofertar o Curso de Operações de Sobrevivência em Área Rural (COSAR), com foco no combate a assaltos a instituições financeiras. O projeto do curso foi apresentado pelo Comando de Policiamento Especializado (CPE) ao comandante-geral da Polícia Militar, coronel Marco Antônio Alves, que com base na política promovida pelo governo Flávio Dino para o sistema de segurança garantiu a realização do curso. 
A capacitação terá início no final de março, com duração de um mês. Para o preenchimento das 56 vagas ofertadas para o COSAR, a Polícia Militar abriu processo seletivo. As inscrições podem ser realizadas até o dia 20 deste mês no site da corporação (www.pm.ma.gov.br). Policiais militares de todo o estado poderão se inscrever no curso.Também serão ofertadas vagas a policiais de outras unidades da Federação. Dentre as habilidades exigidas dos candidatos, estão: boa condição física e habilidade de tiro. 
“O Curso de Operações de Sobrevivência em Área Rural vai habilitar os policiais a trabalharem diretamente no combate a assaltos a banco, principalmente, no interior do estado, onde a incidência é maior. No entanto, os policiais também vão estar preparados a combater outros delitos. Vai exigir esforço, dedicação, coragem e determinação dos candidatos”, destacou o coordenador do curso, comandante José Frederico Gomes Pereira. 
De acordo com o coronel Pereira, após a formatura da 1ª turma do curso, o comandante geral da PM vai criar o Comando de Operações de Sobrevivência em Área Rural (COSAR). A nova unidade vai atuar fortemente em várias cidades do Maranhão, apoiando as demais unidades da polícia. 
“O grupamento não vai pertencer a uma cidade, mas sim a uma região. Esse tipo de unidade específica não é exclusivo do Maranhão. Não estamos inventando nada, estamos apenas iniciando algo que já é realidade em outros estados. Nós já temos no interior as unidades de Força Tática e Grupo de Operações Especiais, que vão receber o apoio do COSAR”, ressaltou o coronel Pereira. 
Os policiais aprovados e escalados para atuar no Comando de Operações de Sobrevivência em Área Rural terão uma escala flexível para que possam atuar no novo grupamento e retornarem à unidade onde estão lotados. O COSAR vai realizar o policiamento ostensivo na região de atuação, com barreiras nas cidades e nas estradas vicinais. 
Qualificação 
Cerca de 90% da grade curricular do curso aborda a parte prática das ações. Dentre os instrutores do COSAR, estão homens do Exército, da Polícia Militar e do Grupo Tático Aéreo (GTA). Um dos instrutores é o comandante de Operações Especiais da Polícia Militar, major Antônio Carlos Sodré. Os treinamentos ocorrerão em São Luís, Imperatriz e Estreito.
Dentre as inúmeras disciplinas contempladas pelo curso, estão: operações na selva, tiro, abordagens, primeiros socorros, patrulha, operações de emboscada e contra emboscada, nós, amarrações, orientações, sobrevivência, armadilhas, manobras com embarcações, tiro de precisão e ação antibomba.

Fonte: Ascom SSP

quinta-feira, 12 de março de 2015

Polícia Civil prende traficante em Icatu

Uma ação realizada pela Polícia Civil, na manhã desta quinta-feira (12), resultou na prisão de Odailson Vieira Azevedo, de 25 anos. Na cidade de Icatu no estado do Maranhão.

Durante a abordagem os policiais apreenderam com o suspeito treze pedras de crack, sessenta e um papelotes de maconha, um frasco para o suporte e uma pequena quantia em espécie de dinheiro.

Odailson foi encaminhado à Delegacia Regional de Rosário e foi autuado por tráfico de drogas em flagrante pelo delegado plantonista Marconi Caldas. O autuado foi encaminhado à Unidade Prisional de Rosário, onde permanece custodiado à disposição da Justiça.

Policia apreende envolvido em crime contra a policial militar

Uma operação comandada pelo 8º BPM da Policia Militar, com o apoio da equipe Albatroz e a guarnição do Parque Jair realizou a apreensão de um adolescente infrator com envolvimento a uma tentativa de latrocínio contra uma policial militar na área do bairro do Alto do Turu, nesta quarta-feira (11), por volta das 17hs. Na ação policial foi apreendida uma arma que teria sido usada no crime. O assalto contra a policial ocorreu na quarta-feira por volta das 15hs, onde a mesma reagiu ao assalto efetuando um disparo contra um dos suspeitos, que foi encaminhado ao hospital Clementino Moura, mas não resistiu aos ferimentos.

As informações da policia militar são que a policial, teria sofrido uma tentativa de assalto no bairro Alto do Turu e lesionada com um tiro de raspão nas costas. A mesma teria reagido a ação criminosa efetuando um disparo de arma de fogo contra um dos suspeitos, que foi atingido na região do abdômen. Ele foi identificado por Arinaldo de Jesus da Paz Gaspar, 20 anos. A tenente foi levada ao hospital São Domingos e não corre risco de morte. O criminoso Erinaldo Gaspar foi transferido para o hospital Socorrão II e durante os procedimentos, por volta das 22 horas não teria resistido aos ferimentos.

Investigação e prisão

Os policiais militares iniciaram a operação Comandos Integrados do 8º BPM, que sucedeu com investigações e diligencias por volta das 17 horas, onde foi detido no bairro do Parque Jair, um adolescente de 16 anos. O menor infrator teria confessado a participação no crime e informado o local que a arma estava escondida. Os militares dando continuidade na operação se dirigiram ao bairro Parque Jair, onde encontraram na residência de uma suspeita a arma usada no crime. A arma como sendo um revolver Taurus, calibre 32, de numeração raspada. Os policiais ainda continuam as investigações, no sentindo de prenderem outro envolvido identificado apenas por Matheus, sendo que ainda não teria sido preso.

O adolescente infrator envolvido na ação criminosa contra a tenente foi encaminhado para o Plantão Central do Cohatrac onde foi apresentado ao delegado plantonista Walter Carlito Rocha Junior. O delegado realizou os procedimentos cabíveis onde encaminhou o suspeito para a Delegacia do Adolescente Infrator (DAI) e enviou o inquérito policial para a delegacia do bairro do Parque Vitoria, onde as investigações darão continuidade.