sexta-feira, 1 de setembro de 2017

SENARC PRENDE ACUSADA DE TRÁFICO DE DROGAS EM TIMON


Por Carla Andrade

Em mais uma Operação realizada pela Polícia Civil, por meio da SENARC de Timon, no dia de hoje (31), por volta das 15h30min, foi cumprido um mandado de busca e apreensão expedido pela 1° Vara Criminal de Timon MA, em desfavor de Elaine Maria Soares de Oliveira.
Em ação, a SENARC contou com o apoio do Canil da PMPI  e Delegacia Regional de Homicídios de Timon, foi realizada a diligência até a residência da acusada. Chegando no destino, ao adentrar foram encontrados vários tipos de drogas (maconha, crack, cocaína) munições; além de uma quantia em dinheiro. Dinheiro esse resultado da comercialização das substâncias ilícitas.
Diante dos fatos e comprovado o tráfico de entorpecentes, foi dada a Voz de prisão a Elaine Maria pela prática do crime de tráfico drogas.
Depois de resolvido o caso, foi descoberto que a acusada é ex companheira do assaltante de banco Lucas Baggio Reis Machado que nos dias de hoje se encontra foragido da justiça. Elaine foi conduzida para a Central de Flagrantes de Timon, e está a disposição do poder judiciário.


3º BPM DESMONTA PONTO DE VENDA DE ENTORPECENTES EM GOVERNADOR EDSON LOBÃO


Por Karla Andrade
Com a ajuda de denúncias o 3° BATALHÃO DE POLÍCIA MILITAR comandado pelo Coronel Ilmar desmonta ponto de venda de entorpecentes localizado na Rua Cidade Nova 2, bairro Cidade Nova 2, N° 55, cidade de Governador Edson Lobão – MA, logo foram feitas vigilâncias no local e hoje(31), por volta das 15h30min foi constatado que havia a venda de drogas no local.
Direcionada para o endereço informado, a guarnição foi cumprir a Operação, ao chegar no local logo foi abordado um suspeito cujo nome Cleiton Menezes da Silva (34), e ao ser indagado disse que foi apenas comprar a droga. Em seguida a guarnição adentrou a residência onde se encontravam Miria Santos da Silva(20), Mirian Santos da Silva (21)  e Ana Carolina Silva dos santos(20) em busca pela casa foi encontrada uma quantidade considerável de maconha, dinheiro trocado e várias embalagens para ser utilizado para embalar a maconha para vendas e assim ser comercializada no local. Todos foram conduzidos para o DP para serem tomadas as providências necessárias e ficarão a disposição da justiça.
MATERIAIS APREENDIDOS:
15 embalagens de maconha, 5 celulares, 2 rolos de papel alumínio, 2 máquinas de chapinhas, 2 identidades, 1 título de eleitor, 1 CPF, 1 carteira de trabalho, R$ 153,15 em dinheiro, 1 cartão de crédito, 1 carteira feminina além de documentos em nome de Miria santos da Silva, Hellen Sophia da Silva Oliveira e João Pedro Santos Aguiar.

quinta-feira, 31 de agosto de 2017

DRF EVITA ASSALTO A ESTABELECIMENTO E PRENDE QUADRILHA DE 04 ASSALTANTES EM POSSE DE 02 ARMAS DE FOGO E UM MAÇARICO

Foto Nilson Figueiredo

A Polícia Civil do Estado do Maranhão, por meio da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos-DRF, em operação realizada na madrugada de hoje (31/08/17) na entrada do Bairro Vila Luizão, prendeu em flagrante FERNANDO JORGE FREIRE CORREA, vulgo COELHO (29 anos), LUÍS CLÁUDIO DOS MONTES RIBEIRO, vulgo GUGU (23 anos), HELTON SILVA (33 anos) e KAIKE DA SILVA SALES, vulgo GORDINHO (24 anos).

A associação criminosa, utilizando um Celta Prata, preparava-se para assaltar um posto de combustíveis e arrombar um cofre com maçarico, quando foi interceptada pelas equipes da DRF. 

No interior do citado veículo foram encontradas 02 (duas) armas de fogo, sendo 01 (uma) pistola .40, pertencente à PMMA, e 01 (um) revólver calibre .38, além de um maçarico que seria utilizado no roubo.

Um dos presos, FERNANDO JORGE FREIRE CORREA, vulgo COELHO, já possuía 04 (quatro) mandados de prisão em aberto por crimes de roubo e responde a 02 (dois) homicídios. 

Todos os indivíduos foram autuados pelos crimes de associação criminosa armada e porte ilegal de arma de fogo e serão encaminhados ao Complexo de Pedrinhas, onde permanecerão à disposição da justiça.

SUPERINTENDÊNCIA DE POLÍCIA TÉCNICA DO MARANHÃO REGISTRA AVANÇOS NAS SUAS UNIDADES EM TODO O ESTADO


A Superintendência de Polícia Técnico Científica (SPTC) é responsável pela materialização de vestígios relacionados a crimes em todo Maranhão. A equipe da SPTC é formada por médicos legistas, peritos criminais, farmacêuticos legistas, toxicologistas, odontolegistas, auxiliares de perícia médico-legal e peritos criminalistas auxiliares, prontos para atenderem à população maranhense. Sob a administração do Superintendente Miguel Alves, a SPTC tem registrado significantes mudanças na forma de investigação e análise científica de vestígios produzidos e deixados durante a prática de delitos.

Segundo o Superintendente Miguel Alves “a materialização dessas evidências servirá para comprovar efetivamente o que ocorreu e assim tentar estabelecer uma dinâmica em relação aquele fato e o ponto mais importante além desse esclarecimento e da própria indicação da autoria”.

Atualmente, funciona em São Luís o Instituto Médico Legal (IML), e Imperatriz e em Timon atua o Instituto de Criminalística (ICRIM). Na ilha, além do IML e do ICRIM também está presente o Instituto de Identificação do Maranhão (IDENT/MA) e o Centro de Perícias Técnicas para Crianças e o Adolescente (CPTCA). “Em maio de 2015, fizemos um    planejamento com uma proposta, que foi encaminhada a Delegacia Geral para que fossem criados mais três Institutos na região metropolitana, alguns desmembrando sessões de outros institutos como no caso do Instituto Laboratorial de Analise Forense (ILAF) que antes era um Laboratório de Análises e Forense que fazia parte do ICRIM” afirmou o Superintendente.

Entre as mudanças, O CPTCA, aumentou em torno de 50% o número de profissionais presentes no centro, entre eles psicólogos e assistentes sociais, com o objetivo de oferecer um melhor atendimento a parcela da população vítima de violência.

A SPTC também conta com o Instituo de Genética Forense (IGF), inaugurado em 2016, e a Central de Custódias de Vestígios Criminais (CCVC). Além disso, foram implantados o IML e ICRIM em Santa Inês e Caxias, com médicos capacitados para o atendimento da população e ajuda nas investigações policiais. E também a área de Odontologia Legal que tem um trabalho reconhecido a nível nacional.

Uma das melhorias evolvendo toda a Polícia Técnico – Científica abrange o projeto de interiorização, que leva os trabalhos da SPTC para a maioria das regiões do interior do Maranhão onde estão localizados os Centro Regionais de Perícia e Postos Avançados de Perícia.

“Os volumes de trabalho das unidades do interior são imensos. O objetivo é descentralizar esse atendimento como está previsto no projeto de interiorização, e atender cada vez melhor a população e tentar produzir essa prova pericial com a qualidade necessária” disse Miguel Alves.

O Instituto de Identificação faz um trabalho de excelência, entre eles a emissão da Carteira de Identidade. Em 2016, conseguiu implementar a Unidade Móvel do IDENT, que possibilita o deslocamento pelo território maranhense, atende a população e realiza a entrega da Carteira de Identidade de imediato.

No mesmo ano, o Instituto Médico Legal de São Luís realizou aproximadamente 16 mil exames periciais. O IML de Imperatriz girou em torno de 4 mil exames periciais e o de Timon com 1.800 exames. O ICRIM de São Luís efetuou aproximadamente 8 mil exames.

A SPTC, tem como objetivo maior levar o trabalho pericial a toda a população maranhense e com isso tem melhorado a apresentação da prova material para o devido processamento a nível de judiciário, resultando em prisões e condenações.

POLÍCIA CIVIL PRENDE SUSPEITO POR TRÁFICO DE DROGAS EM SANTA LUZIA DO PARUÁ


Em mais uma ação de combate ao crime de tráfico de entorpecentes, a Polícia Civil através da Delegacia da cidade de Santa Luzia do Paruá, município que fica a 370 km de São Luís, conseguiu prender na manhã da última terça-feira (29), Edjarckson Ferreira Nunes, suspeito de ser um dos maiores traficantes de drogas da cidade.
A prisão foi coordenada pelo Delegado Gabriel Tersi, informando que após receber denúncias anônimas que relatavam que Edjackson estaria comercializando drogas no bairro Paruá. Iniciamente, homens das Polícia Civil montaram campana no intuito de monitorar a rotina na residência do suspeito, onde foi avistada uma intensa movimentação de dependentes químicos.
De imediato foi feito um cerco policial à residência, de onde Gabriel tentou fugir, mas foi contido. Durante a revista pessoal, a polícia conseguiu encontrar 25 papelotes de uma substância semelhante ao crack, pequenas porções de maconha e cerca 120 reais. Diante dos fatos, o suspeito foi preso em flagrante e conduzido à delegacia da cidade.

Polícia Civil do Maranhão ministra palestra no 6º Encontro do Pacto Integrador de Segurança Pública em Rondônia


A Polícia Civil do Maranhão tem se destacado durante o 6º Encontro do Pacto Integrador de Segurança Pública, que está sendo realizado em Porto Velho, capital de Rondônia. O evento reúne aproximadamente 200 profissionais da área da segurança pública do país, tais profissionais como secretários estaduais de segurança pública, policiais civis e militares, agentes penitenciários, e técnicos de segurança dos 26 estados.


Em pauta, estão sendo tratados assuntos voltados a segurança pública do país, além disso, os gestores estaduais de segurança pública debatem melhorias para as ações de prevenções e repressão aos crimes atuantes no Brasil. Em foco, estão os trabalhos de segurança pública nas fronteiras do país.



Um dos temas que mais teve repercussão durante o encontro, foi o crime de roubo as instituições financeiras. Nesse quesito, o Maranhão foi destaque por reduzir em mais de 90% o número de casos de assaltos a bancos, devido ao árduo trabalho que está sendo desenvolvidos pela Polícia Civil e Militar.


Na ocasião, o superintendente de investigações criminais do Maranhão (SEIC-MA), delegado Tiago Bardal, ministrou uma palestra com o tema “Política de Combate a Assaltos a Bancos no Estado do Maranhão com seus aspectos positivos”, a modalidade de crime de roubo a banco, que é tratado como alta prioridade pelas pastas da segurança pública do Brasil.


O Pacto Integrador de Segurança Pública Interestadual é composto pelos estados de Rondônia, Goiás, Minas Gerais, Amazonas, Bahia, Tocantins, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Maranhão, Pará, Piauí, Paraná, Rio Grande do Norte, Roraima, Santa Catarina, Acre, Amapá, São Paulo, Rio Grande do Sul, Paraíba, Ceará e o Distrito Federal e deve encerrar suas atividades nesta quinta-feira (31).

SEMA realiza capacitação e implantação assistida do Sinaflor no Maranhão


A Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais (SEMA), juntamente com o IBAMA, realiza capacitação e implantação assistida do Sistema Nacional de Controle da Origem dos Produtos Florestais (Sinaflor).

A capacitação acontecerá de 04 a 06 de agosto, no auditório do anexo da Secretaria, e contará com a participação de técnicos da SEMA e do IBAMA. Sendo que dia 06/08 acontecerá um workshop voltado exclusivamente para o setor produtivo, ou seja, empreendedores e responsáveis técnicos com atuação no Estado. Estes podem fazer sua inscrição pelo e-mail secadjrecursosambientais.sema@gmail.com, até o dia 04 de agosto, limitadas a 30 vagas.

Já no período de 11 a 15 de agosto será a implantação assistida, onde acontecerá a realização de todo o fluxo operacional do sistema. Nestas datas, além dos técnicos, ainda, participarão responsáveis por 05 projetos de diferentes tipologias (PMFS, Uso alternativo etc) para fins de lançamento e realização de todo o fluxo operacional do sistema, culminando com a emissão das autorizações de exploração florestal.

Os Responsáveis Técnicos e Empreendedores dos projetos selecionados serão convocados para cadastrarem seus empreendimentos e projetos no Sinaflor de forma assistida por técnicos do Ibama e SEMA, durante o período da implantação assistida.

 A emissão das autorizações de uso dos recursos florestais no Sinaflor será feita pela autoridade do órgão estadual de meio ambiente ao final da análise e homologação dos projetos. Os projetos não selecionados para a implantação assistida seguirão o fluxo processual já existente dentro do órgão ambiental, até que seja definida data para implantação oficial do sistema Sinaflor em todo o estado.

É fundamental contar com um sistema como o Sinaflor, que permite o registro completo das informações relacionadas às autorizações de uso da flora, das áreas objeto de recuperação ambiental, do fluxo de recursos florestais, que vinculadas aos dados cadastrais dos empreendedores constantes do Cadastro Técnico Federal (CTF), possibilita a elaboração de diagnósticos do setor e a aplicação de critérios de malha, visando tornar mais efetivo o trabalho da fiscalização, assim promover o fortalecimento institucional do IBAMA e dos demais entes do Sisnama relacionados à gestão florestal.