segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Policiais do 10° BPM aprendem cinco armas de fogo



As apreensões tiveram início na manha de terça-feira, 07, na cidade de São Bento, onde segundo os militares, uma vítima procurou a guarnição para informar que sua residência tinha sido arrombada e sido furtado 01 (um) celular.

Foi informando as características do autor, que após diligências, o autor, um menor, foi encontrado em uma fábrica de cerâmica da cidade, o indivíduo foi reconhecido pela vítima e com ele estava Jovelino dos Santos Sousa. 

Com os dois foram encontradas duas armas de fogo, sendo um revólver calibre. 32, uma espingarda bate – bucha e ainda o celular da vítima. 
Na tarde de terça-feira, 07, na cidade de Palmeirândia a guarnição de serviço recebeu uma denúncia que 03 (três) homens estavam efetuando assaltos na cidade em um carro, Ônix, branco, e que tinham acabado de tomar uma moto de assalto no Povoado Triângulo, e seguiram para a cidade de São Bento, e na cidade assaltaram uma loja, levando 01 (um) aparelho celular e empreenderam fuga em direção a cidade de Bacurituba-MA. 

A guarnição de São Bento saiu em perseguição e solicitou apoio para a guarnição de Bacurituba, que conseguiu interceptar os suspeitos na MA 310, que liga as duas cidades, no momento, foram capturados Márcio José Costa Matos, 28 anos e um menor de idade, com eles foram apreendidos 01 (um) revólver calibre .38, 03 (três) celulares, a moto CG Fan 150, que havia sido tomada de assalto e o veículo Chevrolet Ônix, branco, placas QMW 4276 que possuía registro de roubo/furto e tinha sido roubado na cidade de São Luís.

Outra ocorrência registrada, foi na cidade de Pinheiro, na noite de quarta-feira, 08, a policiais militares receberam denúncia anônima que quatro homens estariam em uma saveiro vermelha, de placa NXH 4855, e que o referido veículo estava sem placa dianteira, eles estariam armados. 
Após várias rondas pela cidade o veículo foi localizado em frente a um bar, foram identificados como Claudiney Pinheiro, Genilson Ribeiro Silva, Roger Nadson Pinheiro do Rosário, Gabriel Rodrigues Ribeiro, vulgo “Tangará” e Deyse Cristina Lisboa Brito. 
Após busca pessoal foi encontrado 01 (um) revólver calibre 32, n° DA76687 com 06 (seis) munições intactas debaixo das pernas de Deyse Cristina, e a mesma afirmou que a arma era de Gabriel, vulgo “Tangará” e ao ser feito a busca no interior do veículo foi encontrado outro revólver, calibre 38 n° 1016661, com 06 (seis) munições intactas, e Roger assumiu ser o dono. 

Todo material e os envolvidos foram apresentados na Delegacia de Policia Civil, sendo que após apresentação foi constatado um mandado de prisão em aberto em desfavor de Tangará.

quarta-feira, 8 de novembro de 2017

REDUÇÃO DE CRIMINALIDADE NA ÁREA DO 9°BATALHÃO DE POLÍCIA MILITAR-MA


O 9°Batalhão de Policia Militar do Maranhão no comando do Tenente Coronel Harlan Silva vem atuando constantemente no combate ao crime no Estado, e em comparação a anos anteriores tem mostrado grande evolução se tratando de apreensão de armas, drogas, além de tirar de circulação indivíduos de alta periculosidade através de operações realizadas diariamente por meio por meio de grupamentos de motos, viaturas e com o serviço de inteligência.

O Batalhão é dividido em grupos GTM, RAIO, TORNADO, GSA, todos são grupos táticos que operam no Batalhão, além destes tem as VTR de área. Os grupos táticos utilizam VTRs e Motocicletas para Operações diárias como Cerco Total, busca implacável, SATURAÇÃO, inquietação e outras…
Um dos grupos de destaque do Batalhão é o “Serviço de Inteligência” que tem como finalidade gerar informações, através de investigações realizadas por policiais competentes dedicados tendo o total apoio das forças de segurança do Maranhão. O grupo age à paisana em viaturas descaracterizadas, para poder auxiliar no desenvolvimento das estratégias do comando, como o planejamento das ações policiais rotineiras e das operações.


“Finalizando o mês de outubro eu tenho a dizer que o 9°Batalhão superou todas as metas estabelecidas anteriormente. Tivemos em termo de homicídio, uma queda de 30%, foram apreendidas 109 armas de fogo este ano superando a marca de anos anteriores. E pretendemos aumentar cada vez mais positivamente esses números tendo sempre como principal objetivo a segurança da população maranhense. O 9° Batalhão continuará com o mesmo foco, combater a criminalidade de forma efetiva e eficiente, apreendendo armas, drogas que é a principal razão de tantos crimes, prender aqueles que agem contra a sociedade. E para esses fins contamos com o apoio indelével da tropa que forma o 9°Batalhão, com a sociedade em geral que contribui ativamente conosco através de denúncias via rede sociais além de nos dar todo o apoio e a toda a nossa classe. O Batalhão está de parabéns pois trabalhou com dignidade trazendo bons e positivos resultados para o Maranhão”. Afirma, Tenente Coronel Harlan Silva do Nascimento.

POLICIA CIVIL E GAECO CUMPREM MANDADOS DE BUSCA E APREENSÃO NO MUNICÍPIO DE MIRINZAL

A Polícia Civil do Maranhão através do 1º Departamento de Combate à Corrupção, vinculado a Superintendência Estadual de Combate à Corrupção (SECCOR) junto ao Grupo de Atuação Especial de Combate ás Organizações Criminosas (Gaeco) deflagraram uma operação na manhã desta quarta-feira (8), que visava cumprir um mandado de busca e apreensão na cidade de Mirinzal.

O alvo da operação foi a residência do ex-prefeito da cidade, Ivaldo Almeida Ferreira, que atualmente exerce a função de secretário municipal de obras. O objetivo da ação era de localizar e apreender documentos, computadores, cadernos financeiros e HDs, que possam ser anexados ao processo criminal que investiga o desvio de verbas públicas no município.
Além disso, ficou determinado a quebra dos sigilos bancários e fiscal do ex-prefeito, para que possa ser investigado por possíveis desvios de dinheiro municipal. O pedido foi expedido pelo promotor de justiça Frederico Bianchini, da comarca de Mirinzal.

POLÍCIA CIVIL DO MARANHÃO DETÉM DOIS SUSPEITOS PELO CRIME DE LATROCÍNIO

Um trabalho conjunto realizado na noite da última terça-feira (7) e na manhã desta quarta-feira (8) entre equipes da Polícia Civil das cidades de Timon e de Açailândia com apoio do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco), departamento vinculado a Polícia Civil do estado do Piauí, conseguiram cumprir um mandado de prisão preventiva em desfavor de Paulo Iran Roque da Silva Filho e apreender um adolescente infrator. Ambos são suspeitos de envolvimento em um crime de latrocínio.
De acordo com as informações policiais, o crime teria ocorrido em Açailândia no último dia (1º), que vitimou o professor Ruimar Silva Almeida, no momento em que o mesmo estava nas dependências de uma farmácia da cidade. Após o crime os dois suspeitos empreenderam fuga e logo iniciado o trabalho de investigação.
A dupla foi localizada em Teresina, capital do Piauí, sendo a mesma recambiada para Açailândia onde devem prestar seus devidos depoimentos, ficando presa à disposição do Poder Judiciário. Na delegacia, a Polícia Civil constatou ainda que Paulo Roque responde a processos de roubo a agências bancárias no Maranhão e Piauí.

POLICIAIS DO 3º BPM PRENDEM HOMEM COM ARMA DE FOGO.


Na tarde de terça-feira, 07, na cidade de Imperatriz, Rua São Raimundo bairro Santa Inês, Policiais militares do 3º Batalhão de Policia Militar prenderam um homem identificado como Augusto Vinícios Rodrigues Reis.
Com o suspeito foi apreendido uma moto biz, de placa PSA-4799, três  Celulares, um revólver 38 nº 796474 Taurus, cinco munições intactas, duas alianças, três capacetes e dois relógios.
Após informações via Centro Integrado de Policia e Segurança acerca de um assalto ao estabelecimento comercial onde foi levada uma moto biz vermelha, a guarnição deslocou até local do crime. Após várias buscas o suspeito do crime foi preso.
O acusado e o material apreendido foram conduzidos e apresentados na delegacia de policia civil.

POLICIAIS DA 1ª USC APREENDEM ARMA DE FOGO


Na noite da  segunda-feira, 06, policiais militares da 1ª Unidade de Segurança Comunitária – 1ª USC aprenderam um menor de idade com um revólver calibre 38, oxidado, numeração raspada, 02 munições no bairro Park Araçagy.
Os militares perceberam a atitude  suspeita, porém o individuo empreendeu fuga jogando a arma no mato, o mesmo foi pego, abordado e nada encontrado, então o cabo Bysmarck pulou o muro e foi a procura da arma jogada fora na fuga, encontrada e então levados ao Plantão Central do Cohatrac e lavrado o flagrante de apreensão.
Segundo informações dos policiais militares a determinação do comando da unidade é desenvolver de maneira direta o policiamento ostensivo e preventivo combatendo a criminalidade na área de abrajência da unidade.
Fonte: Por 5ª Seção da PM

quarta-feira, 1 de novembro de 2017

Polícia Civil realiza a maior incineração de drogas no estado do Maranhão, cerca de 5 toneladas, avaliadas em 12 milhões de reais


Em resolutividade contra as ações de crime no Estado do Maranhão, a Polícia Civil, por meio da Superintendência Estadual de Repreensão ao Narcotráfico (SENARC) realizou o transporte de 5 toneladas de substâncias entorpecentes para serem incineradas no município de Itapecuru Mirim, que foram encaminhados até os fornos de uma fábrica de cerâmica. Durante o transporte até o referido município, 06 viaturas da Polícia Civil deram suporte ao processo de transporte e incineração da droga.

Os entorpecentes incinerados foram apreendidos pela Senarc e outras delegacias entre os anos de 2016 e 2017, resultando na incineração de cerca de 5 toneladas de drogas ilícitas, entre eles, Maconha: 4.906 kg; Crack: 70,8 kg; Cocaína: 18,01 kg; LSD: 32 micro selos e Ecstasy: 227 comprimidos, incidindo assim, em valores estimados de 12 milhões de reais de prejuízo ao narcotráfico. A incineração fora em decorrência das autorizações judiciais das varas de entorpecentes da capital e comarcas do interior do Estado para que o processo de incineração fosse devidamente realizada em um dos fornos de uma empresa de incineração.



A Incineração dos entorpecentes realizada pela Polícia Civil contou com o apoio de policiais da Senarc; do Grupo de Resposta Tática (GRT), da SEIC, de Policiais Civis da 2a. Delegacia Regional Itapecuru Mirim, de representantes do Poder Judiciário, Ministério Público e da Vigilância Sanitária.