sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Agentes Penitenciários evitam fuga em massa no CDP

 A ação imediata de agentes penitenciários evitou a fuga de cerca de 20 detentos do Centro de Detenção Provisória (CDP) de Pedrinhas, na madrugada desta sexta-feira (22), após a explosão do muro da unidade prisional, que ocorreu de fora para dentro.

Segundo a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Sejap), foi utilizada dinamite para explodir o muro da unidade prisional, cuja parte da parede chegou a cair. A ação criminosa favoreceria a fuga de presos por tráfico de drogas e formação de quadrilha, que estão detidos no pavilhão “Delta” daquele estabelecimento carcerário.

O secretário adjunto de estabelecimentos penais da Sejap, João Bispo Serejo, assegurou que a situação de agitação na unidade foi contida e está sob controle. 


Ele explicou que se caso o plano fosse concretizado, haveria a fuga de presos perigosos. “Nove detentos, sendo eles quadrilheiros e traficantes, seriam o alvo desta ação, que resultaria na fuga de aproximadamente 20 internos”, disse.


João Bispo Serejo informou ainda que a Sejap está investigando o caso, com o objetivo de identificar os autores da explosão do muro e de quem partiu a ordem para efetuar tal ação. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.