quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Com proteção policial e sem dormir, delegação corintiana deixa a Bolívia

'Poucos dormiram essa noite. Não há como recuperar essa vida', diz capitão Alessandro, após morte de torcedor boliviano em Oruro














Com proteção policial, o Corinthians deixou a cidade de Oruro, às 8h20 no horário boliviano (9h20 de Brasília), num voo fretado.
 
avião ainda fará uma parada em Santa Cruz de La Sierra para abastecimento, antes de rumar para São Paulo.
A previsão é que a delegação do Timão chegue ao Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, às 14h20.

O clima entre os jogadores era péssimo. Todos se mostravam abalados pela morte de um torcedor boliviano,  na estreia das duas equipes na Libertadores.

Doze corintianos estão presos para averiguação. 
 
Poucos dormiram essa noite. Não há como recuperar essa vida. Espero que todas as medidas cabíveis sejam tomadas.
 
Fomos muito bem recebidos aqui, mas vamos embora com muita tristeza disse o lateral-direito Alessandro, capitão da equipe.
 
Viaturas policiais fizeram a proteção da delegação corintiana durante a noite.

O grupo de jogadores, dirigentes e integrantes da comissão técnica seguiu para o aeroporto de Oruro em dois microônibus.
 
 
Não houve qualquer incidente no trajeto.

Fonte: Globo.com
 
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.