sexta-feira, 22 de março de 2013

Dono de Lan house é morto a tiros dentro do carro, no Apeadouro


Na noite de quarta-feira (20), mais um assassinato com característica de execução foi registrado em São Luís. Max Pinto Alves da Silva, de 30 anos, foi morto a tiros, no interior de seu veículo, um Celta prata, de placa NWY-0875.
Segundo o relatório do Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops), o crime ocorreu por volta das 19h50, na Rua Armando Vieira, no Bairro do Apeadouro, próximo à Editora FTD.

De acordo com populares, ouvidos pelos policiais militares, a vítima estava parada dentro do veículo, quando dois homens em um carro preto, de modelo e placa não identificados, pararam próximo à vítima. As testemunhas contaram à polícia, que um dos acusados desceu, se deslocou até o carro de Max Pinto, onde efetuou vários disparos de arma de fogo.
Logo após o crime, ainda conforme o relatório do Ciops, a polícia foi acionada e, quando chegou ao local, uma guarnição da PM constatou que a vítima havia sido atingida na cabeça e teve morte instantânea, ainda ao volante do automóvel.
Assim que o crime foi comprovado, o Ciops informou ter acionado o Serviço de Inteligência do 9º Batalhão, que realizou diversas buscas na região, mas não localizou os suspeitos.
Max Pinto residia na 2ª Travessa José Sarney, nº 9, no Bairro de Fátima. Segundo informações, ele seria dono de uma lan house no bairro onde morava. A motivação do crime ainda é um mistério e a polícia já investiga o caso, que é apontado como um possível acerto de contas por causa do tráfico de drogas.
Fonte: JP

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.