segunda-feira, 25 de março de 2013

Fim de semana Violento com doze homicídios na região metropolitana de São Luís


No Jardim Tropical, Paulino Pereira Luz da Silva foi morto de graça por um homem identificado por "Baixinho".

de semana violento com o registro de de dez mortes na região metropolitana da capital maranhense. Na madrugada de sábado (23), Luciano de Oliveira Silveira, de 30 anos, morador do Parque Vitória, foi morto a golpes de facas. O crime foi praticado por Geovani da Conceição de Oliveira durante uma briga com a vítima. O suspeito também ficou ferido. Ele foi levado para o hospital Clementino Moura, o Socorrão II, e depois conduzido para o Plantão do Cohatrac, onde encontra-se preso.

Na tarde de sábado (23), dois homens foram assassinados na Vila Sarney Filho. Trata-se de Frank Azevedo França, o "Piaba", de 19 anos. Ele foi morto com dois tiros durante uma briga com um homem identificado apenas por Richardson com quem tinha uma rixa. A outra vítima foi Denivaldo da Conceição, o "Ratinho", de 28 anos. Ele foi assassinado a tiros. A motivação e a autoria ainda não foram esclarecidas.
Ainda no sábado, Ronaldo Santos Diniz, de 29 anos foi morto com um tiro no peito, na rua da Glória, no município de Raposa. O autor dos disparos é um homem identificado por Carlinhos. A motivação seria acerto de contas por tráfico de drogas.

Inocente
Na rua Bom Jesus, no Jardim Tropical I, Paulino Pereira Luz da Silva Júnior, de 22 anos, foi assassinado de graça por Gleidstone da Conceição Santos, o "Baixinho". Segundo informações, o suspeito era casado com Laudecir, prima da vítima. "Baixinho" foi até à casa da ex-esposa e a encontrou conversando com Paulino, que estava de passagem por São Luís, pois morava atualmente no Rio de Janeiro. Ao ver a mulher conversando com o primo ficou com ciúmes e aplicou uma profunda facada na altura do peito de Paulino que morreu no local. Até o momento a polícia não conseguiu prender o suspeito do crime.

Mais homicídios
No sábado à noite (22), no Residencial Jackson Lago, na Camboa, Wilson dos Santos Pereira Duarte, de 23 anos, foi assassinado com oito tiros na cabeça. Os suspeitos são dois homens identificados por "Cuiuiú" e Caio com quem a vítima tinha com desafetos. Maicon Bezerra da Silva, de 26 anos, foi assassinado com uma facada na Vila Mauro Fecury. A vítima foi separar uma briga entre dois homens na avenida Principal. Ele acabou sendo esfaqueado por um dos envolvidos na confusão identificado por Raimundo, que fugiu do local. Maicon ainda foi conduzido pela esposa ao hospital Djalma Marques, o Socorrão I, mas não resistiu a gravidade dos ferimentos.

Adenilson Domingos dos Santos Pereira Júnior, morador do São Bernardo, foi assassinado com seis tiros disparados por Jackson e Denilson, conhecido como "Prancheta". O crime aconteceu sábado à noite, na Vila Lobão, atrás da Rodoviária de São Luís. De acordo com a polícia, Adenilson estava na companhia da mãe na na rua da Jaqueira, na Vila Lobão, quando recebeu uma ligação de Jackson. Ao chegar ao local, foi recebido a bala pelos suspeitos. Adenilson foi levado para o hospital Clementino Moura, o Socorrão II, mas não resistiu aos ferimentos.

Na Cidade Olímpica, Jonas da Silva Oliveira, de 27 anos, foi assassinado com treze facadas. O crime aconteceu na madrugada deste domingo (24). A motivação e autoria não foram esclarecidas. Eli Carlos Pereira dos Santos, o "Fafá", de 33 anos, foi morto em uma bar na comunidade de Tajaçoaba, zona rural de São Luís. Acompanhado de um irmão, a vítima teria discutido com um homem que estava no bar localizado na rua Silva Campos. Mais tarde ele foi surpreendido pelo suspeito que sacou da arma e disparou três tiros em Eli, que morreu no local.

Na avenida Casemiro Júnior, no bairro do Anil, Luanderson Ferreira Vieira, de 18 anos, foi assassinado com quatro tiros próximo ao colégio Educator. O crime foi praticado por quatro homens em um veículo Fiat de cor prata. A polícia trabalha com a hipótese de acerto de contas.
Marcos Ramos foi assassinado, neste domingo (23), no bairro do Cohatrac.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.