sexta-feira, 15 de março de 2013

Mulher é presa por negligência em morte de criança.

SÃO LUÍS - Vanessa de Sousa Saraiva, de 18 anos, moradora do bairro São Raimundo, está presa no Plantão da Rffsa, na avenida Beira-Mar, centro da cidade. A jovem, que trabalha como empregada doméstica na residência de João Guilherme Gonçalves Pereira, no Cohajap, e está sendo acusada por crime culposo ou negligência pela morte de uma criança de três anos ocorrida nesta quinta-feira (13).

Ela foi autuada pelo delegado por crime culposo ou de negligência pela morte por afogamento da criança. Pelo fato do crime ser afiançável, o delegado arbitrou o pagamento de R$ 6.780, reais. A Justiça deve se manifestar ainda nesta sexta-feira, sobre o caso da jovem.

Em depoimento ao delegado Lawrence Pereira, Vanessa alegou não se dedicar, exclusivamente, a criança. Disse que faz todo o serviço da casa. Ela sentiu a ausência do garoto e ao chegar no terraço da casa ele havia se afogado. Desesperada, a jovem relatou que, ainda, o levou até à UPA do Vinhais, mas acabou morrendo. "Eu jamais cometeria um crime dessa natureza. Tudo não passou de uma fatalidade", definiu Vanessa.


Os familiares da jovem disseram na delegacia que não têm condições de pagar a fiança. "Se a Justiça não reduzir esse valor a minha filha vai permanecer na cadeia, pois a nossa família não tem condições de pagar o que foi exigido pelo delegado", afirmou a mãe de Vanessa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.