segunda-feira, 4 de março de 2013

Secretário Sebastião Uchoa se reúne com promotores de Justiça

O secretário de Estado de Justiça e da Administração Penitenciária, Sebastião Uchoa, discutiu a situação do sistema penitenciário do Maranhão, nesta segunda-feira (4), na Promotoria de Justiça, com promotores de Justiça, entre os quais, Marco Aurélio Cordeiro Rodrigues.
 
O secretário-adjunto de Estabelecimentos Penais da Sejap, João Bispo Serejo, também participou da reunião.  
                                                                        Foto: J.Roberto

Sebastião Uchoa discutiu sobre as principais medidas que serão tomadas para alinhar a parceria com os promotores de Justiça que atuam na Execução Penal.
 
Um dos pontos discutidos foi a necessidade de atender as demandas solicitadas. "Ouvimos aqui as necessidades dos promotores que a secretaria vai providenciar, como a reformas de delegacias no interior”. 
 
Sebastião Uchoa afirmou que vai valorizar o funcionário do sistema penitenciário e fortalecer as políticas de ressocialização dentro do sistema penitenciário estadual.
 
 "Cuidando bem do servidor, eles poderão prestar serviço de excelência beneficiando os apenados. Com isso vamos aprimorar as políticas de reintegração social dentro do sistema prisional”.
 
O secretário informou que a proposta é edificar quatro novos estabelecimentos carcerários, sendo um em São Luís e três no interior. "Isso deve ser um trabalho em que todos precisam se unir para que isso aconteça", pontua Sebastião Uchoa.
 
Coordenador do Grupo de Atuação Especial no Combate a Organizações Criminosas (Goeca), promotor de Justiça Marco Aurélio Cordeiro Rodrigues, falou sobre a importância da reunião como forma de manter os promotores atualizados do que a Sejap objetiva fazer para otimizar as ações realizadas pelos promotores.
 
De acordo com ele, o ponto, agora, é trabalhar para que não se tenha mais presos em delegacias.
 
"Esperamos que com essa cooperação institucional entre a Sejap MP nós possamos dar efetivo complemento a Lei de Execuções Penais". O promotor da 29° promotoria criminal de Execução Penal, Pedro Lino, enfatizou a importância da interlocução Sejap/MP.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.