sexta-feira, 22 de março de 2013

Vistoria encontra irregularidades em templos religiosos


A medida faz parte das ações desenvolvidas pelo Corpo de Bombeiros.


Ontem três igrejas de São Luís foram vistoriadas pelo Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBM). A medida faz parte das ações desenvolvidas pela corporação para prevenção de acidentes e incêndios em estabelecimentos que recebem grande número de pessoas. No caso das igrejas católicas, é verificada uma demanda bem maior de público no período da Semana Santa, que ocorrerá a partir do dia 28, Quinta-feira Santa. Foram vistoriadas ontem a Igreja de São José e São Pantaleão, Igreja Internacional da Graça de Deus e Comunidade Cristã Paz e Vida.
A primeira igreja vistoriada foi a de São José e São Pantaleão, no Centro. O templo, que começou a ser construído em 1780 e inaugurado em 1817, localizado na área tombada do Centro Histórico da capital, sofre com a ação do tempo, apesar de já ter passado por diversas intervenções em sua estrutura física ao longo dos seus quase 200 anos de história. Por causa de sua antiguidade, a igreja não tem sinalização nem saídas de emergências e a escada, em forma de caracol, que dá acesso ao coro, terá que ser substituída, pois não garante a saída, em segurança, de pessoas em caso de incidentes.
No local, a equipe do Grupo de Atividades Técnicas (GAT) do CBM encontrou a madeira do piso comprometida por causa da ação de cupins. Em alguns pontos as tábuas e a grade de proteção estão soltas. “O coro terá de ser interditado porque a segurança das pessoas fica comprometida, tanto por causa das condições do piso, quanto da escada que serve de acesso”, afirmou o sargento Wemerson Costa. Também foi constatado que o sino da igreja está com rachaduras e o suporte da peça está comprometido, assim como a escada que dá acesso à torre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.