terça-feira, 16 de abril de 2013

Agentes do Cadeião descobrem túnel e evitam fuga em Pedrinhas


Escavação já tinha seis metros e foi descoberto no último sábado (13).
Sejap interviu nesta segunda-feira (15) e frustrou a tentativa de fuga.

 Agentes do Centro de Detenção Provisória (CDP), em Pedrinhas, desarticularam, nesta segunda-feira (15), a construção de um túnel escavado pelos presos daquela unidade prisional. A ação beneficiaria a fuga de cerca de 50 detentos. De acordo com o secretário de Justiça e Administração Penitenciária (Sejap), Sebastião Uchôa, a tentativa de fuga dos detentos já estava sendo monitorada desde o último fim de semana.
“O túnel já estava sendo monitorado desde o último sábado (13) e nós resolvemos intervir na segunda-feira, porque em uma noite seria possível chegar com o túnel até o muro do prédio. Para isso, pedimos reforço da Polícia Militar a título de evitar um confronto com os detentos. Mas a situação está controlada e a tentativa de fuga devidamente interceptada”, explicou Uchôa.



Recentemente a Sejap instituiu rondas ostensivas penitenciárias – de domingo a domingo - por toda área externa do Complexo Penitenciário de Pedrinhas. Comandada pelo Grupo Especial de Operações Penitenciárias (Geop), as rondas contam com o apoio da Polícia Militar.

Outras tentativas de fuga
Em setembro do ano passado, o Serviço de Inteligência do Complexo Penitenciário de Pedrinhas descobriu um túnel de 20m que estava sendo cavado em direção ao presídio. Na época, a Sejap informou que três homens teriam sido contratados para cavar o túnel e oferecer fuga aos mais de 400 presos lotados atualmente na unidade.


No mês de fevereiro deste ano, 20 detentos do CDP, conhecido como Cadeião, tentaram fugir do Centro explodindo o muro da Unidade. Os detentos utilizaram dinamite para explodir o muro, mas a fuga foi interceptada. Em outubro de 2012, os presos também tentaram fugir implodindo o muro do Cadeião.

A Sejap divulgou nota oficial, na manhã desta terça-feira (16) sobre o caso. Veja na íntegra:

"O Grupo Especial de Operações Penitenciárias (Geop), criado pela Secretaria de Estado da Justiça e da Administração Penitenciária (Sejap), impediu, na noite desta segunda-feira (15), a fuga de 15 detentos do Centro de Detenção Provisória (CDP) de Pedrinhas. A evasão dos internos seria por meio de um túnel escavado em uma sala de aula daquela unidade carcerária. O buraco já tinha 6m de extensão.


O Geop, em meio a rondas extensivas, realizadas durante a noite, percebeu uma movimentação estranha, vinda da sala de aula. Na ocasião, os internos foram pegos em flagrante.

De acordo com o secretário de Justiça e da Administração Penitenciária, Sebastião Uchôa, a maioria dos detentos que tentava fugir é assaltante de bancos, conhecidos como ‘caixeiros’. “Eles tentam fugir por meio de ações feitas de dentro para fora e esse túnel é só mais uma tentativa. Estamos fazendo essas rondas para evitar qualquer distúrbio”, disse o secretário"










Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.