terça-feira, 16 de abril de 2013

Estuprador preso em Caxias‏



A Central de Operações do 2º BPM de Caxias-Ma, receberam um comunicado informando que duas jovens haviam sido estupradas no residencial Pampulha. Uma viatura da Polícia Militar foi imediatamente deslocada para a área e localizou as jovens na MA-034. Os policiais constataram a veracidade dos fatos e foram informados que as jovens retornavam para casa quando foram abordadas por um homem em uma motocicleta, armado de revólver e que o elemento lhes subtraiu os celulares e as levou para um matagal e as violentou sexualmente.

As vítimas informaram ainda que após serem estupradas, o autor evadiu-se, e sem perceber, perdeu o seu aparelho telefônico. As duas jovens acharam o celular e ligaram para a polícia e posteriormente repassaram o celular aos policiais a qual iniciou-se uma busca para identificar o autor.

O Major Jurandy que estava ajudando na identificação do autor, informou que de posse do telefone do autor, encaminhou-se até o posto da Polícia Federal de Caxias, a qual recebeu ajuda dos policiais federais e conseguiram identificar o estuprador como sendo: RAFAEL BORGES LEAL, 26 anos de idade, residente no residencial Eugênio Coutinho.

O acusado foi preso no seu próprio local de trabalho, na empresa de Segurança Servi-San, a qual trabalhava como vigilante e estava de plantão na concessionária de de veículos Jelta, na cidade de Caxias. Com as vítimas na viatura, os policiais militares foram até a Jelta Veículos, localizada no bairro Volta Redonda, ocasião em que as vítimas imediatamente reconheceram o vigilante como sendo o estuprador.

No momento da sua identificação, Rafael Leal ainda tentou negar as acusações, mas os policiais encontraram os celulares das vítimas dentro de um cesto de lixo no banheiro. O acusado já foi reconhecido de ter cometido outros dois estupros com características semelhantes na semana passada. Rafael Leal foi apresentado no Plantão Central juntamente com a arma do crime e autuado em flagrante por estupro.






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.