segunda-feira, 15 de abril de 2013

GUARDAS MUNICIPAIS FARÃO PÓS GRADUAÇÃO NA UEMA



 
                                                           Foto: J. Roberto
Com a presença do vice-governador Washington Luiz Oliveira, autoridades civis, militares, professores, guardas municipais e convidados especiais foi realizada, numa concorrida solenidade, no auditório do Palácio Henrique de La Rocque, no Calhau, a aula inaugural do Curso de Pós Graduação em Gestão de Segurança Pública, Defesa Civil e Cidadania, e o Curso de Direitos Humanos e Mediação de Conflitos, que serão realizados pela Universidade Estadual do Maranhão (UEMA) em parceria com a Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP). Participam dos Cursos, que terão carga horária de 360 horas e duração de 18 meses, policiais militares, policiais civis, bombeiros militares, agentes penitenciários, guardas municipais (8) e comunidade. 

``A nova gestão da SEMUSC (Secretaria Municipal de Segurança com Cidadania) tem buscado, intensamente, trabalhar a capacitação e qualificação dos profissionais da Segurança Pública Municipal. Promovidos em parceria com a Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP), os Cursos de Pós Graduação são uma oportunidade para os guardas municipais se qualificarem melhor e ficarem atualizados sobre as mudanças na Lei de Segurança. Com a requalificação, eles estarão aptos a prestar um melhor serviço à população de São Luís”, garante o Secretário municipal Breno Galdino. 
 
                                                         Foto: J. Roberto
INTERAÇÃO É FUNDAMENTAL – A integração da Polícia Civil, Polícia Militar, Sistema Penitenciário e Corpo de Bombeiros Militar com a Guarda Municipal de São Luís (GMSL) foi bastante elogiada pelo Secretário municipal Breno Galdino.

 “Essa integração é importante, porque a Segurança Pública atinge todos os níveis – municipal, estadual e federal –e nada melhor do que esse alinhamento, seguindo os preceitos da Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP), para que a gente, realmente, seja pontual e possa combater, com eficácia, esse foco de violência que realmente assusta toda a nação brasileira”, observou.

VICE-GOVERNADOR – Depois de cumprimentar o professor José Augusto Silva, reitor da UEMA, o Cel. PM Antonio Roberto dos Santos Silva, Secretário Adjunto de Desenvolvimento Institucional (representando o Secretário de Segurança, Aloisio Mendes)., o deputado federal Lourival Mendes, parlamentar maranhense que concentra seu foco na questão da Segurança no Brasil e no Maranhão., o Secretario de Estado de Justiça e Administração Penitenciaria, Sebastiao Uchoa., o professor Rogerio Cantanedo Guerra, pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da UEMA., a professora-doutora Suely Felix, docente do Curso de Pós- Graduação em Ciencias., doutor José Antonio de Carvalho, diretor do Centro de Ciências Sociais Aplicadas., o Comandante da Guarda Municipal de São Luis, George Bezerra., e o Cel. QOPM Jose Mariano Neto, diretor de Apoio Logistico da Policia Militar do Maranhão – o vice-governador Washington Luiz Oliveira garantiu que o Governo do Estado, através da UEMA e da Secretaria de Estado da Segurança Pública, em parceria com a SENASP, órgão do Ministério  da Justiça, inicia uma Ação que terá reflexos direto na Segurança Pública do Maranhão, com a qualificação de profissionais que ingressam nos Cursos de Pós Graduação em Gestão de Segurança Pública, Defesa Civil e Cidadania, Direitos Humanos e Mediação de Conflitos.  

CAPACITAÇÃO – O vice-governador maranhense anunciou que nos Cursos serão capacitados 80 policiais civis, militares, bombeiros, peritos, guardas municipais e representantes das comunidades, para atuarem como agentes de transformação social, defendendo os Direitos Humanos e, sobretudo, contribuindo com o Estado na promoção da Segurança Pública. 

``Estes profissionais serão multiplicadores de Ações voltadas para a promoção da Cidadania e dos Direitos Humanos. É importante destacar que a política de Segurança Pública assim como a de Direitos Humanos são sinônimos de Ações integradas e coordenadas entre todas as instituições. 

Quero parabenizar o reitor José Augusto de Oliveira, da UEMA, e o Secretario de Segurança Pública, Aloisio Mendes, que firmaram o convênio entre as instituições para a realização desses Cursos, que terão como foco a prevenção e a diminuição da violência e da criminalidade, além de promover a mediação de conflitos e o respeito aos direitos fundamentais do Cidadão``, anunciou.

Disse ainda que o resultado mais importante dos Cursos é a participação dos cidadãos e cidadãs na intensificação, planejamento de ações e na resolução de problemas relacionadas a violência e criminalidade no Maranhão. ``Portanto, essa Ação tem uma perspectiva de Cidadania``, avaliou Washington Luiz.

PRIORIZAR SEGURANÇA – O deputado federal Lourival Mendes (PTdoB-MA), por sua vez, lembrou, de forma veemente, que este país só pode ser transformado na medida em que houver investimento nas áreas de Educação, Saúde, Agricultura e Segurança Pública.

 “A Segurança Pública parece que carrega, no decorrer do tempo, uma espécie de herança maldita. Mas creio, vice-governador Washington Luiz, que o Brasil vai mudar esta coloração maldita”, afirmou esperançoso``. 

Segundo o parlamentar, em termos de Segurança hoje, torna-se necessário investir-se em conhecimento, porque onde não há conhecimento, o povo é escravizado. Esta situação tem de ser modificada, por vontade política, ou seja, na medida em que nossos governantes passem a se comprometer com aqueles discursos de palanque, de que Segurança Pública, realmente, é prioridade neste país. 

“Em todos os palanques políticos, Segurança Pública é prioridade, mas, na prática, ela é esquecida”, detona Mendes. 

SISTEMA PERVERSO – Recentemente, o deputado federal Lourival Mendes proferiu dois discursos, um na tribuna da Câmara e outro na Comissão de Segurança Pública, com graves denúncias.

 “Até parece que os governos anteriores têm se vingado da Segurança Pública do Brasil, achando que essa Segurança de hoje é aquela mesmo do passado, que perseguiu vários governantes. Como vítimas de um sistema perverso, podemos citar os ex-Presidentes Fernando Henrique Cardoso e Luis Ignácio Lula da Silva e a Presidente Dilma Rousseff – todos vítimas de uma Polícia de Estado, de Governo. E nós, democratas, não podemos fazer isso”, observou.

Segundo Mendes, a Segurança Pública hoje é do cidadão. “Deus me iluminou e agradeço a oportunidade que Ele me deu, de assumir na cadeira na Câmara Federal. Somos o autor da Proposta de Emenda Constitucional nº 89/ 2011, de suma importância para o Brasil, que se encontra engajada nesta aula inaugural que temos agora. Já com parecer favorável do relator,  a PEC nº 89/2011 acrescenta o inciso LXXIX do art. 5º da Constituição Federal, para instituir como direito individual um sistema de Segurança Pública eficiente e de qualidade. 
                                                                               Foto: J. Roberto            
 Ou seja, dentro dos Direitos e Garantias Individuais do Cidadão``. O parlamentar considera a PEC como uma das propostas mais profundas que o Congresso começou a discutir, porque a Segurança Pública precisa urgentemente ser de qualidade, eficiente e dar resultados. 

SEM DINHEIRO – A Secretaria Nacional de Segurança está dirigida hoje por um órgão de segundo escalão, sem dotação orçamentária capaz de atender as necessidades do Estado brasileiro. Hoje estamos colhendo os frutos dos descasos políticos. 

``Esta PEC que peço aos senhores que fazem parte do sistema de Segurança, seus familiares, amigos, para que haja uma mobilização nacional, vice-governador Washington Luiz. 

O Brasil só pode mudar na medida em que houver dotação orçamentária própria, verba carimbada, para o Sistema de Segurança Pública``, destaca o parlamentar do PCdoB. Vejo, com muito orgulho, nossos policiais civis e militares e as Guardas Municipais integrados nesse programa. Isto é fundamental para que o cidadão brasileiro tenha uma Segurança Pública eficiente e de boa qualidade. Agradeço a governadora e ao Secretario de Segurança, Aloisio Mendes, que tem desenvolvido um grande trabalho na Segurança Pública, ao reitor da UEMA por esta parceria fundamental em levar o conhecimento aos profissionais de Segurança Pública para capacitá-los e começarmos a criar um norte diferente. 

Tenho certeza que acendeu uma luz no fundo do poço, e a chama continua viva. Precisamos mudar o Brasil, através deste tipo de programa, que deu resultado positivo. Um programa que investe no cidadão, no profissional, qualificando e remunerando o mesmo com dignidade.

 Não podemos desassociar isso. Quero deixar aqui registrado, como membro da Comissão de Segurança Pública, da Comissão de Justiça da Camara Federal, meu total apoio a esse projeto que beneficiará aos nossos profissionais de Segurança e, acima de tudo, a população, que terá o direito de ter uma Seguranca Publica de boa qualidade e que atenda aos reclamos da nossa sociedade`, finalizou o parlamentar do PTdoB-MA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.