terça-feira, 23 de abril de 2013

SIMULADO DA DEFESA CIVIL MUNICIPAL ATINGE OBJETIVOS

                                                      Foto: J.Roberto / Ascom Semusc

A Secretaria Municipal de Segurança com Cidadania (SEMUSC), através da Superintendência de Defesa Civil (Sudec), avalia como positivo o 2º Simulado de Preparação para Desastres, promovido pela Secretaria Nacional de Defesa Civil, realizado sábado (20), no Residencial José Reinaldo Tavares e Vila Sapinho, área da Cidade Olímpica, em São Luís (MA). Participaram do 2º Simulado de Preparação para Desastres, como convidados e parceiros, órgãos como a Cruz Vermelha Brasileira, Filial do Maranhão; a organização não-governamental Plan, Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (SMTT), Guarda Municipal de São Luís (GMSL); Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), com duas ambulâncias completas; a Defesa Civil Nacional,  Grupo Tático Aéreo (GTA), Defesa Civil Estadual e Exército.

O 2º Simulado de Preparação para Desastres foi um exercício de mobilização das comunidades contempladas que residem em áreas sujeitas a alagamentos. A partir de agora, em casos de alagamentos ou outras situações de risco geradas pelas intempéries da Natureza, a Defesa Civil Municipal, com um apoio mais dinâmico das comunidades, ganhará mais agilidade para atender à demanda, seja no atendimento ou resgate de pessoas e bens materiais. “O Simulado visa ainda reforçar as parcerias entre todos os órgãos envolvidos, sejam públicos ou privados, para que assim se possa alcançar um objetivo comum – que é promover a Defesa Civil, através de Ações Sociais e mesmo Técnicas, que possam trazer Segurança às comunidades”, afirma o Secretário Breno Galdino, da SEMUSC.

Segundo a Superintendente da Defesa Civil Municipal, Elitânia Barros, o 2º Simulado de Preparação para Desastres é um exercício que possibilita aos órgãos setoriais da Defesa Civil perceber a importância de estar preparado para uma situação de emergência. “O Simulado também capacita as comunidades – caso venham sofrer algum tipo de acidente desta natureza – como proceder para salvar suas vidas. Com certeza, as comunidades da Vila Sapinho e do Residencial José Reinaldo Tavares vão tirar proveito desse exercício”.

                                                                          Foto: J.Roberto / Ascom Semusc


PREVENÇÃO – Destacando que um dos focos do Simulado junto às comunidades participantes é a Segurança, o médico e vereador ludovicense Gutemberg Araujo (PSDB) disse que “estamos trabalhando aqui, naquilo que é mais importante em todas as áreas, que é a prevenção. Este exercício de Simulação, de capacitação de todas as forças, com a participação das comunidades, serve para mostrar que, apesar de todas as dificuldades que a comunidade do Residencial José Reinaldo Tavares enfrenta, podemos fazer alguma coisa, se todos estivermos juntos e conscientes. O objetivo é conscientizar as comunidades sobre o que fazer, como agir, diante de uma situação de dificuldade maior”.

LÍDER COMUNITÁRIO – Para Wellington Batalha, representante comunitário da Cidade Olímpica e Residencial José Reinaldo Tavares, o 2º Simulado de Preparação para Desastres representa muito para as comunidades contempladas, principalmente, “porque estamos fazendo um fechamento do aprendizado com a SEMUSC, através da Defesa Civil Municipal, juntamente com a Defesa Civil Estadual, Corpo de Bombeiros Militar e a Organização não-governamental Plan.

Como coordenador do Núcleo Comunitário de Defesa Civil (NUDEC), participamos de diversos cursos e hoje, estamos nos testando. O Simulado é importante para as comunidades e, também, para o poder público se testar, saber qual seu limite no que visa resgatar algumas famílias. Estamos felizes porque está dando tudo certo, dentro do cronograma traçado para conscientização das comunidades sobre como agir em casos de desastres climáticos (enchentes, alagamentos, etc), evitando perdas de vidas – mais importante que bens materiais”.

Finalizando, o líder comunitário agradeceu à Superintendente Elitânia Barros, da Defesa Civil Municipal, e ao Secretário Breno Galdino, da SEMUSC, por esse trabalho de grande alcance social para os moradores do Residencial José Reinaldo Tavares. “Aproveito também para agradecer ao prefeito Edivaldo Holanda Junior, que dá continuidade a este trabalho de grande alcance social que a Defesa Civil Municipal desenvolve junto às comunidades menos favorecidas de São Luís”.

TRAZER A COMUNIDADE – Para o Tenente-Coronel Werneck Carvalho, do Corpo de Bombeiros Militar do DF, e membro da Defesa Civil Brasil, o objetivo do Simulado foi alcançado.

Ou seja, preparar a população para uma evacuação em caso de desastre e exercitar os órgãos de Defesa Civil, Municipal e Estadual, para atuarem num caso dessa magnitude. “Num Simulado desse porte é importante, primeiro, trazer a comunidade para perto da Defesa Civil, para que ela conheça e possa confiar nas ações de DC. Segundo, que a comunidade seja conscientizada de que, se precisar sair da área de desastre iminente, deve fazê-lo. Que ela tenha esse esclarecimento, que conheça a rota de fuga, saiba para qual abrigo deve se dirigir, onde terá órgãos governamentais preparados para recebê-la.

Em terceiro lugar, que nossos órgãos também saibam o que fazer na hora do desastre para não haver aquela confusão, que é normal numa gestão de desastres. Com todos os atores treinados e preparados, a atividade se desenvolve com mais facilidade”, garante o Oficial Superior BM.

PARTICIPANTES – O 2º Simulado de Preparação para Desastres contou com a participação de 30 funcionários da Superintendência de Defesa Civil, 20 servidores da Guarda Municipal de São Luís (GMSL), 25 funcionários da Cruz Vermelha Brasileira, 

Filial do Maranhão; cinco homens do Grupo Tático Aéreo (GTA); duas ambulâncias equipadas do SAMU; oito membros do Grupo Águia, do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA) e, claro, como não poderiam ficar de fora, e 120 pessoas das comunidades contempladas – Residencial José Reinaldo Tavares e Vila Sapinho.
    Foto: J.Roberto / Ascom Semusc

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.