domingo, 28 de abril de 2013

Solenidade marca doação e promoção de 41 oficiais do CBMMA

                                                                          Foto: Antonio Montenegro

Autoridades civis e militares, parentes e familiares lotaram, na manhã desta sexta-feira(26), o pátio do Comando Geral do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão, no Bacanga, para acompanhar a solenidade de promoção de 41 oficiais da Corporação. Na oportunidade, 20 oficiais foram promovidos de 2º para 1º tenente, e outros 21 deixaram para trás o posto de aspirante, tornando-se 2º tenente.
Ao lado do subcomandante-geral, coronel José Henrique Pessoa e demais representantes do corpo de oficialato, o comandante-geral, coronel João Vanderley Costa Pereira ocupou o local de destaque e autorizou o início da solenidade, conforme previsto, 8hs da manhã. No evento, o coronel da PM – Antônio Roberto dos Santos Silva representou o secretário de Segurança – Aluísio Guimarães Mendes Filho.
Também esteve presente o coronel BM do Piauí, Francisco das Chagas Martins, o secretário municipal de Transportes do município de São José de Ribamar, coronel Iratan Barbosa dos Santos, a ouvidora da SSP – Elivânia Estrela, bem como o tenente do Corpo de Bombeiros da Angola – Feliciano Augustinho.
                                                                           Foto: Antonio Montenegro
Após o hasteamento do Pavilhão Nacional, o tenente coronel Celso Alves comandou a solenidade. Ao fazer uso da palavra visando parabenizar os novos promovidos, o coronel Vanderley não escondeu a emoção, haja vista o dia marcar o seu quinquagésimo dia à frente do Comando.
“Sei o quanto o momento é importante para cada um dos senhores, pois o mesmo representa a subida de mais um degrau, nessa difícil escalada, que ambos terão que percorrer até conquistar o posto máximo na nossa instituição, No entanto, não tenho dúvidas que, além de merecedores, vocês vão saber honrar essa nova conquista”, disse o coronel Vanderley.
Ainda fazendo uso da palavra, em uma espécie de prestação de contas, o comandante aproveitou para informar a tropa das inúmeras ações já implantadas buscando melhorar as condições de trabalho nas unidades administrativas e operacionais, entre elas, pequenas reformas na unidade do 8º GBM, em Pinheiro, 2º GBM/GEM, na área da Cohab, aquisição de mobílias, computadores, entre outros.
LOB -
A atual situação da LOB também foi informada à tropa. “Na semana passada, com as alterações devidas no quadro de vagas, conseguimos encaminhar a LOB para a Casa Civil, que dará o direcionamento necessário nos próximos dias”, enfatizou.
CURSOS -
Foi apresentado, ainda, um cronograma de atividades de requalificação da tropa fora do Estado e do País, que deverá ser cumprido nos próximos meses, entre eles, Piauí, Pará e Equador. Em Guayaquil, por exemplo, um grupo da ABMJM participará do curso em Estruturas Colapsadas.
A aquisição de todo material solicitado pelo Centro odontológico do CBMMA também foi anunciada. “A nossa expectativa é que até junho o nosso centro odontológico já esteja funcionado para atender não apenas o bombeiro militar, mas, também, os seus familiares”, finalizou.
DOAÇÃO -
Ao final da solenidade, o Comando do CBMMA aproveitou para fazer a doação de 150 roteadores, dos quais 50 foram destinados para a Polícia Militar, 50 para a Guarda Municipal de São Luís e 50 para a Guarda Municipal de São José de Ribamar.
INTERIORIZAÇÃO
Quanto ao projeto de interiorização da Corporação, o coronel Vanderley anunciou que, após reunião com o secretário da Casa Civil, João Abreu – ficou decidido que processo acontecerá mediante apoio das Prefeituras, empresas privadas ou emendas parlamentar, há exemplo do que vem ocorrendo em Timon.
Naquele município, a aquisição da mobília, bem como todo o equipamento de combate a incêndio, que foi apresentado durante a solenidade, só foi possível graças a uma emenda parlamentar de um milhão de reais destinada pelo deputado federal Sétimo Waquim. A unidade em Timon deverá ser inaugurada nos próximos 30 dias.
Já em Bacabal, o prazo para implantação de uma unidade operacional será de aproximadamente quatro meses. Lá, a Prefeitura e deputados da região estão dando o apoio necessário.
                                                                          Foto: Antonio Montenegro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.