segunda-feira, 6 de maio de 2013

Doze pessoas são atropeladas ao saírem de um balneário, em Caxias



Doze pessoas foram atropeladas na noite deste domingo (5), em Caxias, por um motorista que estaria embriagado. Durante toda a noite, o Hospital Geral da cidade registrou saída e chegada de ambulâncias, transportando feridos. Algumas delas em estado grave.
Os familiares tentavam buscar informações dos parentes. Médicos, enfermeiros e técnicos que estavam de folga tiveram que ser chamados para ajudar no atendimento às 12 pessoas atropeladas.
“Os contatos foram feitos com Teresina, para possíveis transferências e já estamos acionando outras unidades tipo A para a necessidade de transferências de mais de uma vítima“, explicou Leônidas Moura, coordenador do Samu.
No carro dirigido pelo motorista atropelador, as marcas da violência do impacto. O para-brisa quebrou. As vítimas vinham de um balneário chamado Maria do Rosário e todas estavam juntas quando foram atropeladas.
O atropelador fugiu do local do acidente, sem prestar socorro a ninguém, foi preso em casa. Segundo a polícia, o rapaz estava embriagado e no carro que ele dirigia foi encontrada  uma garrafa de cerveja, além de maconha.
Quatro das 12 vítimas já foram liberadas. As outras permanecem internadas no Hospital Geral de Caxias, mas não corem mais risco de morte. Há suspeita de que o atropelamento tenha sido proposital. O condutor teria tido um desentendimento com as vítimas momentos antes no balneário onde todos estavam. A polícia investiga o caso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.