quarta-feira, 17 de julho de 2013

Operação “Alcateia” prende trio especializado em ‘saidinhas’ bancárias em Timon

Como resultado da operação “Alcateia”, três pessoas suspeitas de integrarem uma quadrilha especializada em saidinhas bancárias foram presas nesta terça-feira (16), em Timon. De acordo com a polícia, o bando agia nas cidades de Timon, no Maranhão, e em Teresina, Piauí. 

A operação foi deflagrada pela Polícia Civil do Maranhão, em conjunto com o Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco), ligado a Polícia Civil do Piauí.

Durante as ações foram detidos Gilvan de Carvalho Silva, conhecido como “Marinheiro”; João Melo Silva Filho, o “Coruja”; e Cleiton Cristino da Silva.

A quadrilha vinha sendo monitorada há mais de dois meses. Nesse período, a Polícia Civil do Piauí identificou que o bando estaria escondido em uma residência em Timon. De posse das informações, foi solicitada à Justiça a prisão dos suspeitos. 

Os mandados de prisão preventiva foram cumpridos pelas as equipes do Greco, com o apoio dos policiais civis de Timon. As prisões ocorreram nesta terça-feira (15), em Timon, nos bairros bela Vista, Parque União e Parque Piauí.

De acordo com o delegado Ricardo Herlon, de Timon, além das ‘saidinhas’, a quadrilha ainda efetuava uma outra modalidade de roubo, conhecida como ‘chegadinha bancária’.

“A chegadinha consiste em abordar as vítimas quando as mesmas chegavam para fazer depósitos no banco”, explicou.

O delegado disse ainda que, diante dos levantamentos feitos, é possível identificar ligações da quadrilha em crimes dessa natureza na cidade de Timon. “Com a prisão dos suspeitos podemos elucidar alguns assaltos praticados nesta região”, pontuou. O bando permanecerá detido à disposição da Justiça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.