terça-feira, 30 de julho de 2013

Polícia elucida homicídio de ex-deputado estadual

Um trabalho conjunto de investigação da Superintendência de Polícia Civil do Interior (SPCI) e da 13ª Delegacia Regional e 11ª Companhia Independente da Polícia Militar, ambas sediadas no município de Presidente Dutra, elucidou o homicídio do ex-deputado estadual Edilson Peixoto, fato ocorrido no dia 25, no município de Dom Pedro.
Durante a ação foram presos, temporariamente, por trinta dias, Antônio Luís Pereira de Sousa, 46 anos, conhecido como Antônio Velho e Valdeth Gomes de Freitas, 45, apontados como um dos executores e um dos mandantes do crime. Eles foram presos nesta terça-feira (30), durante operação montada para dar cumprimento a mandados de busca e apreensão e de prisão temporária.

De acordo com o delegado Paulo Arthur Garcia, titular de Presidente Dutra, há indícios de que Antônio Velho seja autor de diversos crimes de encomendas na região.

Investigações
Valdeth e Tonho são apontados como os mandantes do assassinato, pois, eles queriam vingar a morte do irmão Diogo, morto no último dia 12 de julho. “Testemunhas disseram que eles comentavam na cidade que matariam quem eles imaginassem que tivesse praticado o crime”, esclareceu o delegado.

A Polícia suspeita de que houve participação de outras três pessoas identificadas apenas como Galego, Tonho Digo e Vandim. As polícias ainda continuam realizando diligências a fim de capturar os três.  Os dois que já foram presos estão à disposição da Justiça.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.