terça-feira, 9 de julho de 2013

Sejap se reúne com prefeitos do Baixo Parnaíba para tratar sobre construções de unidades prisionais na região

 

O secretário de Estado da Justiça e da Administração Penitenciária, Sebastião Uchôa, esteve reunido, nesta segunda-feira (08) com os prefeitos de Buriti e Chapadinha, Rafael Mesquita e Dulcilene Montes, respectivamente, o procurador de Anapurus, Almeida Jr. e o Juíz da Vara de Execução Penal de Chapadinha, Cristiano Simas, para tratar da construção de novas unidades prisionais na região do Baixo Parnaíba.


    De acordo com o secretário Sebastião Uchoa, a parceria estabelecida entre as prefeituras e a Sejap gera beneficio para todas as partes. “Ganha o município com a abertura de vagas de emprego para a população e ganhamos com a possibilidade de sanar as questões dos presos custodiados em delegacias, da superlotação das unidades da capital e ainda conseguindo regionalizar o sistema penitenciário”, destacou Uchôa.
    
A Prefeita de Chapadinha, Dulcilene Montes, acredita que as construções e adequações dos presídios em Chapadinha refletirão positivamente na parceria e para a sociedade. “Estamos aqui para juntar forças e somar no que for possível”, frisou.


     A área que possivelmente será destinada á construção do presídio será verificada pelo setor de engenharia da Sejap que também fará a elaboração de todo o projeto. Na ocasião foi acordada que será feita a assinatura de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) pela Sejap como garantia da construção do Centro de Ressocialização em Chapadinha.
     
         Além da construção do Centro de ressocialização que atenderá a região do Baixo Parnaíba, foi discutido sobre a situação do Centro de Detenção Provisória (CDP) de Chapadinha. O Juiz da Vara de Execução Penal de Chapadinha, Cristiano Simas, pontuou a necessidade da organização dos regimes dentro do estabelecimento prisional “Com a construção do centro de ressocialização para a região, o CDP passa então a ser apenas para os internos da comarca de Chapadinha e provisórios.”, explicou.

     Atualmente, o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Chapadinha, recebe internos provisórios e em cumprimento de pena. O CDP da cidade está em fase final de reforma que acrescentará á unidade 120 vagas.

     Presentes ainda, os promotores de justiça das cidades de Chapadinha e Buriti, respectivamente, Gustavo Dias e Clodoaldo Araújo; o Delegado da Regional de Chapadinha, Alessandro Gomes e a engenheira da Sejap, Cristina Guimarães.

   
   
    


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.