segunda-feira, 23 de setembro de 2013

PM prende em Presidente Dutra homem suspeito de cometer 15 homicídios

Uma ação de militares da 7ª Companhia Independente, sediada em Rosário, resultou na prisão de um homem suspeito de cometer, segundo a polícia, 15 homicídios em São Luís. Lourival Silva Melo, conhecido como “Gueto”, de 32 anos, foi preso em cumprimento a um mandado de prisão na cidade de Presidente Juscelino, no último sábado (21).

O mandado com sentença condenatória foi expedido pelo juiz José Ribamar Goulart Heluy Júnior, titular da 4ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de São Luís. A ordem foi expedida no último dia 14 de junho deste ano pelo homicídio de Walas Pacheco da Silva, no Bairro São Raimundo, em São Luís. “Gueto” estava foragido do Complexo Penitenciário há cerca de dois anos, A prisão ocorreu em um bar localizado no Bairro Cimaúma, naquele município.

De acordo com informações do delegado plantonista da 1ª Delegacia Regional em Rosário, Edinaldo Santos, as investigações apontaram que os crimes estão ligados ao tráfico de drogas. “Ele era o responsável em executar os traficantes rivais e, ainda, aqueles que tinham dividas decorrentes do tráfico de entorpecentes”, explicou o delegado.

Ainda de acordo com o delegado, “Gueto” é suspeito de praticar vários assaltos nas cidades de Rosário, Bacabeira e Santa Rita, entre eles, na agência dos Correios de Rosário.

Lourival Melo foi apresentado no distrito policial de Rosário. Após os procedimentos policiais, ele foi recambiado à Penitenciária de Pedrinhas, onde vai cumprir a sentença de 25 anos e 6 meses, inicialmente em regime fechado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.