terça-feira, 3 de setembro de 2013

Projeto Jovem Cidadão da DPE qualifica moradores da Cidade Olímpica

                                                                                                       Foto: Divulgação
A Defensoria Pública do Estado (DPE/MA), em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e Associação de Moradores da Cidade Olímpica (Amocol), certificou 40 moradores da comunidade que concluíram o curso de Pedreiro de Alvenaria. A capacitação integra as atividades do Projeto Jovem Cidadão, idealizado pela DPE, com o objetivo de favorecer a qualificação profissional de jovens e adultos que estejam em situação de risco social.
A parte prática do curso foi realizada nas próprias dependências da Amocol, onde os alunos aplicaram os conhecimentos adquiridos na conclusão de parte das obras do prédio da associação.
Presente no evento, o defensor geral, Aldy Mello de Araújo Filho, destacou a importância do projeto no fortalecimento da autoestima e do protagonismo da comunidade na busca pela melhoria de suas condições de vida. “A Defensoria já realiza, na Cidade Olímpica, uma ação de educação em direitos humanos, animação de redes sociais e capacitação de agentes comunitários. O projeto Jovem Cidadão vem somar a este conjunto de ações voltadas a garantir que a comunidade local possa exercer seus direitos, contribuindo para a melhoria dos indicadores sociais e para a prevenção da violência” ressaltou.
A gerente da unidade Cepte/Senai, Nádia Escorteganha, ressaltou a importância da parceria entre órgãos governamentais e não governamentais para a transformação da realidade social. “Esperamos que estes alunos fomentem junto aos vizinhos, amigos e familiares a participação nos cursos aqui oferecidos para que um número cada vez maior de pessoas possa estar preparado para o mercado de trabalho, melhorando assim a sua qualidade de vida e de sua família”, comentou.
O coordenador do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), Raimundo da Silva Machado, explicou que todos os formandos serão cadastrados no Sistema Nacional de Emprego, o Sine, e poderão participar das seleções para suas respectivas habilitações. “O importante é que continuem investindo em sua qualificação profissional para que possam alcançar resultados cada vez melhores”.
A coordenadora do Núcleo Psicossocial da DPE/MA, Silene Gomes, disse que a Defensoria Pública, através de projetos como esse, tem procurado manter um canal de comunicação permanente com a comunidade. “A atuação da Defensoria não se limita ao acompanhamento de processos. Hoje, a instituição, em suas mais diferentes áreas, tem procurado contribuir para reduzir as desigualdades e realizar justiça social”.
A presidente da Associação de Moradores do Bairro da Cidade Olímpica, Kênia dos Anjos, agradeceu a parceria da DPE com o Senai, destacando o empenho dos profissionais envolvidos. “Somos gratos à Defensoria pelo apoio prestado à comunidade e pela disposição para o trabalho em parceria”.
Teresa Cristina Torres, que esteve na associação para receber o certificado, destacou a importância da iniciativa para a comunidade. “Os moradores devem aproveitar essa oportunidade para se qualificar e conseguir o tão sonhado emprego”, ressaltou, ao receber o certificado em nome do filho Heliomar Reis, que já se encontra empregado.
Presentes ainda a psicóloga Ana Cléa Moura de Lima, a assistente social Lila Barbosa Costa e a estagiária Rosália Rocha, da DPE/MA; e a orientadora educacional do Cepte/Senai, Alessandra Brito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.