quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Bombeiros ministram curso para tropas que seguirão para o Haiti

Membros do 3º Grupamento de Bombeiros Militar, sediado em Imperatriz, ministraram curso de Instruções de Busca e Resgate em Estruturas Colapsadas (BREC) para o 20º Contingente do Exército Brasileiro que irá compor as tropas no Haiti, na missão Minustah.

Os militares do 50º Batalhão de Infantaria de Selva (50 Bis), sediado em Imperatriz, receberam treinamento de organização e início de uma Operação de BREC; construções, danos e marcações; busca e localização; estratégias e técnicas para aproximação e resgate; técnicas de escoramento; levantamento e estabilização de cargas.

O curso aconteceu no início da semana e contou com presença de 70 militares. Ao final, foi realizado um simulado em área de construtora da cidade, onde todos puderam sentir as dificuldades que poderão se deparar no Haiti.

A participação brasileira na Missão das Nações Unidas (ONU) para a Estabilização no Haiti (Minustah) é o principal envolvimento do Brasil em operações de manutenção da paz. O Brasil é o maior contribuinte de tropas para essa missão. 

Em 2010, o Haiti foi atingido por um terremoto que devastou o país, deixando um saldo de mais 200 mil mortos e milhares de pessoas presas nos escombros, por isso ter esse conhecimento de BREC é fundamental para os militares que irão compor as tropas da ONU.

O 3º GBM, representado pelos instrutores major Leandro, tenente Isael, tenente Junior, tenente Diego e aspirante a oficial Zenkner, repassou conhecimentos apreendidos em cursos de BREC no Corpo de Bombeiros do Distrito Federal e em Guayaquil, no Equador.

O Haiti está localizado em uma região muito instável, com risco de acontecer a qualquer momento um terremoto de proporção igual ao de 2010. Caso venha a ocorrer, os militares do 50 Bis já estarão preparados para atuar rapidamente. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.