terça-feira, 22 de outubro de 2013

Flávio Dino lamenta ‘perseguição do grupo Sarney à oposição’

Soluções para os problemas sociais do Maranhão e explicações para baixos índices sociais. Foram estes temas que Flávio Dino propôs para que se faça um debate que abandone a velha política e promova o desenvolvimento no Maranhão.
Após ataques do senador José Sarney feitos em seu artigo de domingo no jornal O Estado do Maranhão contra integrantes da oposição e aqueles que discordam dos seus métodos políticos, o pré-candidato ao governo do estado, Flávio Dino, lamentou a onda de ataques pessoais que recebe diariamente.
“Há semanas o senador Sarney usa o seu artigo dominical no jornal de sua propriedade para difundir ódio e provocações contra mim. Além disso, seu grupo de comunicação (rádios, jornal, blogs) me agride todos os dias, numa autêntica e cruel perseguição pessoal”, disse Flávio Dino.
Como pré-candidato ao governo do estado pela oposição, Flávio Dino propõe que temas realmente relevantes sejam discutidos na política maranhense, pondo fim aos ataques pessoais.
“Se o senador Sarney realmente tem respeito pela oposição, e se arrepende do seu apoio à ditadura, por que não manda parar essas agressões? Estou pronto para debater os problemas do Maranhão, e as soluções necessárias”, afirmou Dino, criticando ainda a tentativa do senador Sarney. Segundo ele, de desvirtuar o debate público no estado;:
“O senador Sarney me pede explicações sobre ‘Rússia stalinista’. E eu peço que ele explique seu apoio à ditadura militar e o IDH do Maranhão. Sobre a ‘Rússia stalinista’, não é do meu tempo, não participei e acho que a Rússia não tem culpa na pobreza do povo do Maranhão. Mas terei prazer de debater a história da Rússia, se o senador Sarney tratar dos temas que proponho a ele: ditadura militar, IDH do Maranhão”, concluiu o pré-candidato à sucessão de Roseana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.