quinta-feira, 3 de outubro de 2013

Polícia elucida latrocínio de empresário do Jardim Tropical

Investigações do Serviço de Inteligência da Polícia Militar resultaram na prisão de Paulo César Braga Silva, 29 anos, conhecido como “Paulinho”, morador do bairro do Lira e Jonielson de Jesus Sousa Santos, 20, conhecido como “Dondone”, residente na Vila Embratel. A dupla é suspeita de cometer o latrocínio (roubo seguido de morte), que vitimou o empresário João Alberto Soares Pimenta, 46 anos. Ele teria reagido a um assalto no bairro Jardim Tropical.

De acordo com informações policiais, a prisão foi efetuada, na quarta-feira (2), quando os militares realizaram uma investigação nos bairros da Vila Embratel, Sá Viana e adjacências. Durante a ronda, policiais avistaram um grupo de pessoas que ao perceber a presença da polícia decidiu se dirigir rapidamente em direção a uma casa abandonada.

Em perseguição, a polícia identificou e prendeu “Paulinho” e seu comparsa na Travessa da Rua 7, no Jambeiro. Ele é suspeito ser o executor do empresário. Com eles, a polícia apreendeu uma pistola calibre 9mm, com 20 cartuchos intactos e um carregador de pistola ponto 40, com seis cartuchos intactos.

Investigações da polícia dão conta de que “Paulinho” era fugitivo da Justiça desde o mês de maio deste ano. Jonielson, seu cunhado, também já tem passagem pela polícia.

Ambos foram conduzidos para o Departamento de Narcóticos (Denarc) e, em seguida, encaminhados à sede da Superintendência de Investigações Criminais (Seic) onde foram autuados pelos crimes de assalto e tráfico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.