sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Sedihc promove oficinas de cidadania em Codó

A Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Cidadania (Sedihc) realizou, no campus da Universidade Federal do Maranhão (Ufma), em Codó, oficinas de cidadania para atender as comunidades e discutir diversas temáticas, como o combate ao consumo de crack e combate ao trabalho escravo.

A superintendente de Proteção de Direitos Humanos da Sedihc, Gardênia Santos, coordenou os trabalhou e contou com a ajuda de diversos técnicos da Secretaria. "Trouxemos várias atividades com o objetivo de levar mais cidadania e proporcionar uma cultura de conhecimento dos direitos da população", destacou a superintendente.

Como parte da ação, a Comissão Estadual de Combate ao Trabalho Escravo do Maranhão (Coetrae/MA) viabilizou um espaço de debate como um resgate das ações empreendidas pelo projeto "Caravana da Liberdade", no ano de 2012. Houve, ainda, uma reunião ordinária da comissão no município. Foram levantadas as principais necessidades em relação ao fortalecimento da garantia dos direitos humanos dos trabalhadores e trabalhadoras vítimas do trabalho escravo.

Durante as atividades, a Sedihc levou informações sobre o Plano Viver Sem Limite para garantia dos direitos das pessoas com deficiência. O Plano foi apresentado aos municípios no último dia 11 de outubro, em São Luís. Na ocasião, 70 municípios assinaram a adesão ao programa do Governo Federal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.