quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Seduc e SSP discutem parceria para realização do Programa Segundo Tempo

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) realizou, nesta quarta-feira (30), reunião técnica com equipe da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP), para discutir parceria entre os órgãos em prol do "Programa Segundo Tempo" nas escolas da rede estadual.

Participaram do encontro o secretário adjunto das Regionais de Educação, Tadeu Lima; o secretário adjunto de Desenvolvimento e Articulação Institucional da SSP, coronel Antônio Roberto dos Santos Silva; os técnicos da Seduc, Rose Carvalho e José Ribamar Soares Ribeiro; capitão Raimundo Mulundu Serra e a assistente social Samara Serra.

Segundo Tadeu Lima, a Seduc propôs a parceria a SSP em virtude do trabalho social já realizado pela Secretaria em áreas de grande vulnerabilidade. "Buscamos somar forças e a apropriação da expertise da Segurança Pública no trabalho com jovens em áreas de risco", disse Tadeu Lima.

O coronel Antonio Roberto dos Santos Silva destacou a relevância da construção de uma parceria entre as duas instituições. "Segurança pública passa pela oferta de melhor qualidade de vida e educação. A Secretaria tem todo o interesse em participar de um programa que trará benefícios aos nossos jovens".
Foi definida a redação do termo de cooperação entre as instituições e a proposta de abrangência espacial do programa, que em primeira fase deverá atender estudantes da Unidade Regional de Educação (URE), de São Luís.

Programa Segundo Tempo
O “Segundo Tempo” é um programa do Ministério do Esporte, destinado a democratizar o acesso à prática e à cultura do Esporte de forma a promover o desenvolvimento integral de crianças, adolescentes e jovens, como fator de formação da cidadania e melhoria da qualidade de vida, prioritariamente em áreas de vulnerabilidade social.

O programa visa oferecer práticas esportivas educacionais, estimulando crianças e adolescentes a manter uma interação efetiva que contribua para o seu desenvolvimento integral, proporcionando condições adequadas para a prática esportiva educacional de qualidade.

Entre suas metas estão o desenvolvimento de valores sociais; a contribuição para a melhoria das capacidades físicas e habilidades motoras e para a melhoria da qualidade de vida (autoestima, convívio, integração social e saúde) e busca pela diminuição da exposição aos riscos sociais como drogas, prostituição, gravidez precoce, criminalidade, trabalho infantil, assegurando o exercício da cidadania.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.