quarta-feira, 2 de outubro de 2013

SSP e Sema assinam Ordem de Serviço para a construção da nova sede do Batalhão de Polícia Ambiental

Os secretários de Estado de Segurança Pública, Aluisio Mendes e de Meio Ambiente e Recursos Naturais, Victor Mendes assinam, na manhã desta quinta-feira (3), a Ordem de Serviço de Construção da Nova Sede do Batalhão de Polícia Ambiental (BPA) da PM.

A cerimônia acontece no próprio local onde funciona atualmente o BPA, na Avenida Epitácio Cafeteira, Bairro Coroadinho, e terá também as presenças dos secretários-adjuntos de Inteligência e Assuntos Estratégicos, Laércio Costa e de Desenvolvimento e Articulação Institucional, coronel Antônio Roberto dos Santos Silva; do comandante geral da PM, coronel Franklin Pacheco; o diretor da empresa Metalúrgica Big Farm Ltda., Luciano Simões, responsável pela obra; além de comandantes de batalhões e companhias, técnicos da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema) e representantes de instituições que trabalham com o meio ambiente.

A construção está estimada em R$ 2.250 milhões e será feita com recursos da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema). Já a Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP) ficará responsável pela pavimentação, urbanização, paisagismo de toda a área, a construção dos muros e da guarita e aquisição da mobília para as dependências.

A nova sede do Batalhão terá o mesmo padrão de construção das Unidades de Segurança Comunitária (USCs), e conta com um terreno total de 16.254,83 m², sendo 1.000 m² de área construída. As obras contemplarão um novo prédio moderno, funcional, bem como a pavimentação, paisagismo, urbanização e muros em todo o local.
De acordo a Supervisão de Obras e Reformas da Secretaria de Segurança Pública (SSP), a nova sede vai ser toda organizada e dividida de acordo com as necessidades e atividades desenvolvidas pelo Batalhão.

A previsão, conforme o secretário Aluisio Mendes, é que o prédio seja inaugurado até janeiro de 2014. A nova sede do BPA terá, entre os vários ambientes, um Centro de Operações, com sala de videomonitoramento, recepção, alojamentos masculinos e femininos, sala de comando e subcomando, sala de reserva de armas, refeitório, área de convivência, auditório com capacidade para 60 lugares, sala de inclusão digital, onde funcionará um telecentro de ensino para oferecer aulas de informática aos jovens e adolescentes da região.

O prédio incluirá salas de setores para o serviço administrativo, de inteligência, análises de dados (instrução e cadastro) e administração de materiais (vistorias e tombamentos).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.