segunda-feira, 4 de novembro de 2013

TRAGÉDIA EM SÃO JOÃO BATISTA

Depois da tragédia acontecida na cidade de São João Batista, em que durante uma tentativa de libertar presos dois bandidos foram mortos e um carcereiro, o prefeito da cidade, Amarildo Pinheiro, anunciou que já acionou o secretário adjunto de Segurança Pública do Maranhão, Laercio Costa, para aumentar o reforço policial e tranquilizar a população neste momento.


Amarildo Pinheiro disse que também está temeroso e apreensivo, temendo pela segurança da população joanina e falou sobre a morte do carcereiro Lourenço. "Estamos dando todo o apoio funeral a família enlutada e tenham a certeza de que neste mandato, daremos todo o apoio aos filhos e esposa deste funcionário público, que estava em pleno gozo de sua função cidadã", disse.

Por isso, a Prefeitura Municipal de São João Batista decretou Luto Oficial por 24 horas em razão da morte do carcereiro, que nas palavras do gestor trabalhava com bravura e honestidade. Lourenço foi morto ontem durante um tiroteio em quem dois homens entraram na delegacia da cidade para tentar soltar presos.


De acordo com as informações, tudo aconteceu quando dois homens chegaram na porta da delegacia dizendo que queriam registrar um Boletim de Ocorrência e Lourenço abriu a porta. Foi ai que os bandidos atiraram no carcereiro, que morreu no local. O policial Camilo ouviu os tiros e foi para cima, e também acabou sendo baleado. Outros dois policiais, que não sabemos quem eram, revidaram e conseguiram matar os dois bandidos.


O clima de insegurança tomou conta da população de São João Batista e o povo amanheceu triste e de luto pela perda do carcereiro Lourenço. Amigos, familiares e colegas deixaram mensagens em Redes Sociais, lamentando a morte do funcionário. 
  







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.