quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Operação conjunta da Polícia Civil e GTA prende integrantes de facção criminosa

Uma operação deflagrada no início da manhã desta quinta-feira (28), pela Superintendência de Polícia Civil do Interior (SPCI), com o apoio das regionais de Pinheiro, Itapecuru e Rosário e do Grupo Tático Aéreo (GTA) do Maranhão, deu cumprimento a quatro mandados de busca e apreensão e cinco de prisão pelos crimes de tráfico, associação para o tráfico, roubo e formação de quadrilha nos povoados Itamirim e São Simão, ambos em Rosário.

A ação contou com a participação de quarenta e dois policiais, investigadores e delegados. Os mandados foram expedidos no último dia 18 de novembro pela juíza Edeuly Maia Silva, que responde pela Comarca de Santa Rita. 

Durante a ação foram detidos os elementos Givaldo José da Silva, de 55 anos, “Galego”; a esposa dele, Djeane Ferreira Lima Silva, 34 anos, conhecida como Neta do São Simão; Vitor José Martins da Silva, 21 anos; o irmão dele, Bernardo Martins, 31 anos, líder do grupo; e Maria Fabriciana Marques Castro, 35 anos, conhecida como Neta do Itapemirim.

O delegado Ednaldo Santos, titular de Santa Rita, declarou que na residência de Givaldo e Djeane foi encontrado um arsenal com aproximadamente 2 mil munições de diversos calibres. O casal foi autuado em flagrante pelos crimes de porte ilegal de munição e formação de quadrilha.

Vítor, Bernardo, Givaldo, Djeane e Maria Fabriciana foram conduzidos à 1ª Delegacia Regional, em Rosário. Eles serão levados ao Centro de Triagem, em Pedrinhas. O delegado Carlos Veloso, da SPCI, informou que a quadrilha é suspeita de vários assaltos naquela região.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.