A Prefeitura de São Luís, através da Secretaria Municipal de Urbanismo e Habitação (Semurh) recebeu representantes do comércio informal da região da Fonte do Bispo durante esta segunda-feira (11). A reunião deu continuidade ao trabalho iniciado na semana passada, quando foi realizada mais uma etapa da operação Postura Legal na área da Fonte do Bispo, no Anel Viário, localizada no Centro Histórico.
6342Os_ambulantes_foram_
Os ambulantes foram conscientizados dos problemas da área, que é atingida pela má organização da atividade comercial
A fiscalização consistiu em um levantamento de campo feita pela Blitz Urbana, que notificou os ocupantes da região – em sua maioria, comerciantes e donos de barracas que funcionam como bares e restaurantes -, além de ter realizado um diagnóstico de ocupações. No total, o levantamento contabilizou 60 ocupações irregulares entre trailers, barracas e outras construções erguidas no espaço público.
De acordo com o diretor da Blitz, Edilson Silva, durante a reunião, os ambulantes foram conscientizados dos problemas da área, que é atingida pela má organização da atividade comercial. “Mostramos a eles a necessidade de haver uma limpeza geral naquela área, o que será benéfico tanto para os ambulantes, quanto para qualquer cidadão que trafegue pela área”, explicou Edilson Silva.
Será programada uma operação de limpeza no local, com a retirada de barracas que causam obstrução do passeio público e outros pontos informais construídos de modo irregular. Outros problemas causados pela desordem no local são a má visibilidade para os motoristas e a dificuldade para as manobras dos ônibus que trafegam no terminal.
A Semurh também prevê algumas ações de reforma no Anel Viário. Para isso, está sendo feito um levantamento topográfico para posteriores intervenções que conciliem o interesse dos ambulantes e o cumprimento das legislações urbanísticas.