segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Sejap realiza Campanha de Combate à Tuberculose nos presídios da capital

sejap_destaque _05-11-2013


A Secretaria de Estado da Justiça e da Administração Penitenciária (Sejap) em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde e com o Ministério da Saúde está realizando uma campanha de combate à Tuberculose em todo o Sistema Penitenciário na capital maranhense, onde o índice de infecção pela doença é considerado um dos mais altos do nordeste.

A campanha que consiste no diagnóstico e tratamento da tuberculose foi iniciada nesta terça-feira (05). O Presídio Feminino, Penitenciária de Pedrinhas, Central de Custódia de Presos de Justiça – Pedrinhas, Centro de Triagem e Casa de Detenção (Cadet) foram as primeiras unidades atendidas.

Dezoito enfermeiros divididos em 03 equipes e 01 técnico do Ministério da Saúde estão realizando Testes Tuberculínicos em todas as unidades prisionais de São Luís, sob a orientação da Coordenação de Saúde e do Núcleo de Assistência Biopsicossocial da Sejap. Cerca de 200 internos foram examinados nesta terça-feira. A fase de testes será estendida até a próxima sexta-feira (08).

sejap_campanha_tuberculose
Conforme explicou a coordenadora de Saúde da Sejap, Iolíce Ribeiro “de acordo com os resultados dos testes os internos serão encaminhados para tratamento médico. O tratamento será feito com antibióticos que é bastante eficaz, desde que seja utilizado pelo tempo determinado, ou seja, 06 meses sem interrupção”.




A tuberculose é uma doença infectocontagiosa causada por uma bactéria que afeta, na maioria das vezes, os pulmões, mas também pode atacar outros órgãos, como ossos, fígado, meninges e rins.

“Como pessoas imunodeprimidas (AIDS, pós-transplante e gestantes) são mais suscetíveis, também estão sendo realizados testes para diagnóstico de doenças sexualmente transmissíveis (DST) e AIDS”, informou Iolíce.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.