sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Operação da PM prende três membros de facção criminosa e recupera veículos roubados na Vila Cutia

Moradores do bairro São Raimundo, em São Luís, acordaram na manhã desta sexta-feira (6), com uma movimentação policial de quase cem homens do Batalhão de Choque, Cavalaria e do Serviço de Inteligência. A Operação Restauração, desencadeada pelo Comando de Policiamento Especial (CPE), iniciou, na madrugada, e teve como saldo a prisão de três pessoas, apreensão de duas armas de fogo e três veículos roubados. Um dos bandidos procurados foi morto na troca de tiros com a polícia.

"O objetivo da Operação Restauração é reestabelecer a tranquilidade de áreas com forte atuação da criminalidade, prendendo e desarticulando grupos criminosos, para que o policiamento local mantenha a paz dentro das comunidades da nossa cidade", disse o coronel Ivaldo Barbosa, comandante do CPE.

Esta é a segunda operação realizada pelo CPE. A primeira foi na Vila Embratel, no dia 29 de novembro, que resultou na apreensão de oito armas de fogo, encontradas em uma casa abandonada. A PM prendeu, na operação da Vila Cutia, Daniel Pereira Wolf, o "Danielzinho", 20 anos; Pablo Dawton da Silva Cantanhede, o "Pablete", 20; e Rafael dos Santos da Silva, "Rafaelzinho", 23 anos. Eles são apontados pela polícia por participação em diversos crimes na capital, como tráfico, assaltos e homicídios. Já o Christopher Michael Cardoso, conhecido como "Camarão", foi ferido na troca de tiros com a polícia. Ele não resistiu aos ferimentos, vindo a falecer no Socorrão II.

Duas motocicletas Honda Bros foram achadas pelos policiais. Uma delas foi tomada de assalto, no dia 2, no bairro do São Cristóvão, por Rafael Silva, que foi reconhecido pela vítima na delegacia. Os policiais encontraram, também, algumas anotações da contabilidade da facção criminosa que atua na Vila Cutia. Um veículo Polo Sedam foi apreendido para averiguações. Segundo informações do Serviço de Inteligência, o carro foi utilizado pelo bando em diversos assaltos na cidade.

Camarão já tinha sido preso várias vezes pela polícia. Ele é apontado como o homicida do frentista Carlos Eduardo Nascimento de Jesus, 29 anos, durante um assalto num posto do São Raimundo, em junho deste ano. Uma colega de trabalho do frentista também foi baleada, mas sem muita gravidade. Testemunhas informaram que os assaltantes agiram com bastante violência, atirando para todos os lados e contra os clientes do posto.

A Vila Cutia é uma das áreas mapeadas pela PM como "zona vermelha". Coronel Ivaldo ressaltou que outras operações serão desencadeadas nas demais zonas vermelhas e falou da criação do CPE. "O Comando de Policiamento Especial foi criado para combater de forma dura as facções criminosas. Por isso, nós temos ao nosso comando tropas especializadas, como o Batalhão de Choque, a Cavalaria e equipes de operações especiais", disse o oficial. O comandante do BPChoque, tenente-coronel Sá, também participou da operação.

Fotos: Nilson Figueiredo








Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.