domingo, 19 de janeiro de 2014

Ação do Denarc prende três pessoas por envolvimento com o tráfico na capital

Em incursões realizadas por equipes da captura do Departamento de Narcóticos (Denarc) foram detidas três pessoas envolvidas com o tráfico na capital. As ações ocorreram, nas quinta (16) e sexta-feira (17), nos bairros São Francisco, São Raimundo e no prédio da Universidade Federal do Maranhão (Ufma).

Com base em denúncias, as equipes do Denarc identificaram o paradeiro de Josivan da Silva Ribeiro, de 29 anos, que responde por um mandado de prisão preventiva na 1ª Vara de Entorpecentes.  Em campanas, os policiais conseguiram prendê-lo nas proximidades de sua residência, localizada na Rua 29, no São Raimundo.

Em revista realizadas na residência do traficante, os policiais ainda apreenderam uma pistola Taurus calibre 380. Logo em seguida, Josivan foi levado à sede do Denarc e autuado pelo delegado Claudio Mendes pelo crime de posse irregular de arma de fogo.

Segundo o delegado além de responder pelo mandado de tráfico, Josivan é acusado de crime de roubo qualificado na 5ª Vara Criminal de São Luís.

Durante outra ação, na quinta-feira (16), os policiais prenderam Elielson Pires Moraes, de 32 anos, o “Roliço”. Ele foi detido no Bloco 5 do prédio do Centro de Ciências Humanas (CCH), na Universidade Federal do Maranhão (Ufma).

Com ele foram apreendidos dois quilos de maconha; a quantia de R$ 159,00 e um rolo de alumínio. Elielson foi conduzido ao Denarc, onde foi autuado em flagrante delito pelo delegado Cláudio Mendes. Na delegacia, Elielson confessou que há dois meses vendia maconha na instituição, mas que anteriormente vendia loló.

A terceira prisão ocorreu na Rua 8, do Bairro São Francisco. No local os policiais prenderam Pablo Eugênio da Silva, de 25 anos. Contra ele havia várias denúncias de tráfico de drogas.

No momento da abordagem, não foi encontrada droga. No entanto, os policiais apreenderam uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH) falsa. Ele informou que adquiriu a carteira pela quantia R$ 1 mil, mas não disse com quem conseguiu.

Pablo Eugênio da Silva foi conduzido ao Denarc onde foi autuado em flagrante delito pelo crime de uso de documento falso. O flagrante foi lavrado pelo delegado Cláudio Mendes. Pablo Eugênio da Silva foi conduzido ao Centro de Triagem em Pedrinhas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.