domingo, 19 de janeiro de 2014

Mais dois são presos por incendiar ônibus em São Luís

Mais dois suspeitos de envolvimento com o ataque ao ônibus na Vila Sarney Filho, em São Luís, no dia 3 de janeiro, foram presos na noite dessa quinta-feira (16), no municípío de Cajapió (a 68 km da capital). Foram presos Talyson Victor Santos Pinto, de 18 anos, e o irmão dele, um adolescente.

Além do ônibus na Vila Sarney Filho, outros três ônibus foram incendiados no dia 3 de janeiro em São Luís. Duas delegacias também foram alvo da ação de bandidos. 

Cinco pessoas ficaram feridas no ataque da Vila Sarney Filho: a menina Ana Clara, de 6 anos, que não resistiu às queimaduras e faleceu; a irmã dela, Lorrane Beatriz, de 1 ano e meio, que teve alta hospitalar esta semana; a mãe das duas meninas, Juliane Carvalho, 22 anos, transferida para Brasília, o entregador de frangos Márcio Ronny, que foi transferido para Goiás; e a operadora de caixa Abiancy Silva, que está internada no Hospital Tarquínio Lopes, está fora de perigo, mas não tem previsão de alta.

Com as duas prisões sobe para 24 o número de detidos, suspeitos de envolvimento nos ataques a ônibus e delegacias em São Luís. No dia 6 de janeiro, outros seis homens foram apresentados pela Secretaria de Segurança Pública do Maranhão como autores do incêndio no coletivo onde estava a menina Ana Clara.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.