segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Ações das Polícias prendem homicidas em Lago da Pedra

Como parte das ações de combate à criminalidade na cidade de Lago da Pedra, as Polícias Civil e Militar daquele município efetuaram, no fim de semana, a prisão de dois homicidas. Contra um deles, havia um mandado de prisão em aberto.

O primeiro a ser detido foi Magno Barbosa da Silva, 29 anos. Ele foi detido em cumprimento a um mandado de prisão expedido pela juíza Marilze Carvalho, da 2ª Vara Criminal de Lago da Pedra. A ordem judicial foi expedida pela prática de um homicídio, no dia 8 de dezembro de 2013, que vitimou Erivelton Freitas Santana, 23 anos. Magno Barbosa foi localizado durante uma ação de investigadores da Polícia Civil lotados em Lago da Pedra, coordenada pelo delegado Lucio Rogério do Nascimento Reis.

Segundo o delegado, no dia do crime um adolescente teria vendido uma camisa no valor de R$ 7 para a vítima em uma festa.  De acordo com os autos, o jovem se arrependeu do negócio e tentou desfazer a venda e pegar a camisa de volta, mas Erivelton se recusou a devolver.

“Diante da recusa o adolescente convidou Erivelton para ir ao Sítio do Padre, no Bairro Cajueiro. Chegando ao local, o adolescente viu o vizinho, Magno Barbosa da Silva, e o teria convidado para cometer o homicídio. As investigações apontaram que Magno aceitou o convite. A vítima foi morta com várias pauladas. Eles ainda atearam fogo no corpo de Erivelton”, detalhou o delegado Lúcio Rogério do Nascimento.

Magno Barbosa da Silva trabalhava como vigia em uma quadra de esporte, ao lado do Sítio do Padre. Ele foi preso, na manhã desta segunda-feira (10), próximo à residência dele, localizada na Rua da União, Bairro Cajueiro, naquele município.

Outra prisão
Em outra ação, militares lotados da 10ª Companhia Independente prenderam Francisco dos Santos, 25 anos, no Povoado Centro do Meio, município Lago da Pedra, pela prática de homicídio.

As investigações apontaram que Francisco dos Santos teria sido o autor do homicídio que vitimou o próprio padrasto, identificado como Ricardo Pinto, 54 anos, crime ocorrido na madrugada de domingo (9), com várias marteladas na cabeça.

Ainda de acordo com a polícia, a vítima estava dormindo quando foi surpreendido pelo enteado. A mãe do suspeito identificada como Francisca dos Santos, 53 anos, acordou e tirou o martelo da mão do filho.

Ricardo Pinto foi socorrido, mas chegou a óbito a caminho do Hospital. O enteado foi preso na porta de casa pelos policiais militares. Ele foi conduzido à Delegacia de Lago da Pedra e foi autuado em flagrante delito pelo crime de Homicídio Qualificado.

Na delegacia, ele disse que praticou o crime porque o padrasto agredia a mãe dele. A genitora negou as agressões. Eles estavam juntos há 12 anos.  Segundo a polícia, o padrasto e enteado já tinham tido alguns desentendimentos. O delegado Lúcio Rogério informou que já solicitou um exame médico para identificar se ele apresenta problemas mentais.

O procedimento foi lavrado pelo delegado Lúcio Rogério. Francisco dos Santos permanece custodiado na Delegacia de Lago da Pedra à disposição da Justiça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.