quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

DEFESA CIVIL MUNICIPAL VAI DEFLAGAR CAMPANHA DE PREVENÇÃO DE RISCOS

                                                                Foto: J.Roberto
A Secretaria Municipal de Segurança com Cidadania (Semusc), através da Superintendência de Defesa Civil (Sudec), vai deflagrar a partir de segunda-feira (17), o Plano de Ação da Campanha de Prevenção de Riscos. O primeiro bairro beneficiado será o Coroa Dinho. O Secretário Breno Galdino explica que, após uma análise minuciosa dos principais pontos de risco de alagamentos na cidade, foi montado um cronograma que, inicialmente, vai contemplar cerca de vinte bairros de São Luís. “Durante a Campanha serão distribuídos panfletos nas comunidades, orientando os moradores sobre a necessidade de prevenção de riscos no período chuvoso. Com isso, esperamos minimizar tanto os riscos de alagamentos e desastres como também prevenir que eles venham a acontecer”.

São Luís conta hoje com mais de 66 pontos críticos. São milhares de cidadãos que estão nessa situação, e a Defesa Civil Municipal busca não só prevenir, mas buscar também soluções para efetivar de vez a estabilização deles no local de risco, e que não traga risco nenhum à sua segurança. “Nesse sentido, elencamos, inicialmente, os pontos mais críticos para esse cronograma. Nesta Campanha, cumpre destacar, que teremos o apoio inclusive de agentes mirins que foram treinados e participaram de cursos de aperfeiçoamento promovidos pela Defesa Civil Municipal. E com esse trabalho, esperamos, sim, conscientizar a população de que ela também é peça fundamental para prevenir estes tipos de riscos de sinistros”, destaca o Secretário municipal Breno Galdino.
                                                                                      Foto: J.Roberto


AJUDA DA PANGEA – O Plano de Ação da Campanha de Prevenção de Riscos conta com apoio de uma equipe da PanGea /Geologia e Estudos Ambientais, composta de cinco geólogos e dois técnicos ambientais. O Secretário municipal Breno Galdino destaca que “essa equipe está nos ajudando e muito, tanto trocando informações como preparando uma análise detalhada sobre os pontos de risco, para fazer um mapeamento geral e, assim, alimentar o Sistema Nacional. E o mais importante, transformar isso em mapas cartográficos que possam nos dar a real dimensão, através do estudo de solos, relevos, clima, período chuvoso e índice pluviométrico. Quanto mais detalhes, mais informações tivermos, mais fácil será tratar o problema em cada área específica”.

O governo federal está iniciando esse mapeamento nos estados onde apresentam os maiores riscos. E a capital maranhense, São Luís, está incluída no processo. A Semusc, através da Defesa Civil Municipal, foi comunicada desta decisão e “recebemos a equipe da PanGea com o maior prazer, para trabalharmos juntos e trocarmos informações. Aproveitar o nosso conhecimento e, também, o deles, para, juntos, construirmos um detalhamento mais rico de cada ponto de risco e, assim, ser mais precisa a atividade de prevenção e de contenção destes sinistros”.

A Superintendente Élitania Barros lembra que o período chuvoso é o melhor momento para desenvolvermos a Campanha de Prevenção de Riscos. “Esta Campanha educativa chega na hora certa, porque já tivemos algumas chuvas em nossa cidade. Os pontos de risco, encostas principalmente, já começam a ficar encharcados; os córregos e rios cheios de lixo. Então, é bom levar os conhecimentos de Defesa Civil à população. Por exemplo, que os moradores das áreas de risco não precisam mexer nas barreiras, evitar colocar lixo onde não deixar fazer; lixo tem de ser colocado no lixo. Ou seja, obedecer criteriosamente os dias de coleta de lixo nas suas respectivas comunidades”.

Elitânia Barros informaque a Defesa Civil Municipal vai distribuir folders nos locais visitados e, também, adesivos com o número de contato da Sudec. Estas providências vão contribuir para a população ficar bem informada. “Caso, de repente, haja um sinistro, os moradores das áreas de risco vão saber como proceder. No nosso folder educativo consta “Saiba o que fazer e o que não fazer numa ocorrência”, ou seja, orientações valiosas a serem seguidas num momento de uma ocorrência de sinistro. Essa Campanha, de grande valor educativo e preventivo no momento atual, vai contemplar moradores dos 66 pontos de risco existentes em São Luís. Toda equipe da Defesa Civil está mobilizada, inclusive com plantão 24 horas. O telefone para contato é o 3212-8473 ou o 153”, finaliza a Superintendente.
///


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.