quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Polícia Civil prende suspeito de comandar tráfico em Coroatá

Uma ação de investigadores da Delegacia de Coroatá culminou com a prisão de Raimundo Rodrigues de Araújo, conhecido “manga rosa”, suspeito de comandar o tráfico de drogas naquela cidade. Ele foi detido com base em denúncias de populares que apontavam a venda de drogas na região.

De acordo com informações do delegado titular de Coroatá, Samuel Morita Nocko, há alguns meses a Polícia Civil vinha levantando informações do envolvimento de “manga rosa” com a comercialização de drogas na área do bairro Vila Cilene, naquele município. “Ele é conhecido por todos na cidade por dominar e comandar a venda de material entorpecente”, lembrou.

O delegado detalhou que Raimundo exerce a função de cortador de cana e considerando que sua residência chega a quase um quarteirão da rua foi levantado a suspeita da origem de seus bens.“O patrimônio que ele detém não condiz com a atividade que ele exerce”, enfatizou.

Confirmado o envolvimento de Raimundo com o tráfico de drogas, o delegado Samuel solicitou junto à Comarca de Coroatá pela representação do mandado de prisão preventiva do suspeito.

A prisão
Conforme explicou o delegado, os policiais vinham investigando uma tentativa de latrocínio ocorrida, na noite de terça-feira (25), no bairro da Cohab. Segundo ele, o funcionário público Luís Carlos da Silva foi alvejado com um tiro na região do abdômen durante uma tentativa de assalto por um homem identificado apenas pelo apelido de “prateado”.

O delegado Samuel relatou que prateado é irmão de Manga Rosa. “Sabendo da ligação de parentesco entre os dois, acionei as viaturas e caímos em campo com objetivo de localizarmos ambos”, detalhou.

Em incursões que vinham ocorrendo desde a noite de terça-feira, os policiais da captura realizaram busca na casa de Manga Rosa, na Vila Cilene. Ele foi detido e conduzido para a delegacia de Coroatá.

Segundo o titular de Coroatá ainda que nenhum material entorpecente tenha sido encontrado no local, caracterizando flagrante, Manga Rosa ficará detido até a deliberação do mandado de prisão preventiva, já solicitado á justiça.

As equipes da polícia civil e policiais da 9ª Companhia Independente lotados em Coroatá continuam em buscas a fim de capturar Prateado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.