quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

POLÍCIA INVESTIGA MORTE DE PRESO EM DELEGACIA

A Polícia Civil já instaurou um inquérito para apurar a morte de Antônio Carlos Cunha Bayma, conhecido como “Caubá”, de 40 anos. Segundo informações do delegado Carlos Alberto Brito, do 1º DP de Rosário, Antônio foi encontrado, na noite da última segunda-feira (03), em uma das celas da delegacia Regional com uma corda amarrada no pescoço. O fio estava preso na parte superior da cela. A principal linha de investigação aponta indícios para suicídio.

O delegado contou ainda que um carcereiro ao perceber o fato se dirigiu ao interior do distrito policial e ao chegar à cela constatou que Antonio estava debatendo, uma vez que estava pendurando pela corda. O carcereiro, imediatamente, com a ajuda de uma funcionária da delegacia prestou socorro ao preso. Após cortarem o cordão que pendurava o preso, foi confirmado que Antônio Carlos havia chegado a óbito.

“Caubá” havia sido apresentado na delegacia no final da tarde da última segunda-feira (3), por volta das 18h, suspeito de ser o autor de um furto de uma bicicleta. Na delegacia, ele foi reconhecido pela vítima. Com a confirmação do envolvimento no ato ilícito, ele foi encaminhado para a delegacia para que pudesse ser ouvido.

O delegado Carlos Alberto detalhou que Antônio Carlos foi encaminhado para uma cela de contenção e por volta da 18h30, ele foi encontrado se debatendo pendurado por um cordão de um calção. O delegado confirmou que Antônio Carlos estava sozinho na cela.  

O corpo da vítima foi transferido para o Instituto Médico Legal (IML) em São Luis. A Polícia aguarda o laudo cadavérico para comprovar as causas da morte do preso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.