quinta-feira, 20 de março de 2014

A ARTE QUE VEM DOS PRESÍDIOS DE SÃO LUÍS DO MARANHÃO






Detentos produzindo trabalhos artesanais no presídio de
Passo do Lumiar-MA

Nem só de condenados, sangue, fugas, motins, rebeliões e mortes, vivem os presídios de São Luis, se lá é um local considerado para muitos, o próprio inferno, Deus na sua infinita bondade não pensa assim, ao contrário do que se pensa, lá não é o inferno.

Existem pessoas que querem realmente uma oportunidade de vida que precisa da ajuda do governo, mas principalmente da nossa ajuda, são vidas perdidas procurando se encontrar, é nesse momento de dor, solidão, prisão e desespero, que os excluídos dessa sociedade hipócrita, buscam outra forma de vida intra-presídio, pra sobreviver dia dia, a pena que lhe foi imputada por lei, pelo crime cometido.

É desse amargo pedaço de terra, dividido em  metros quadros de concretos chamados  de cela, que brota a flor das artes esculpidas, pintadas, ou confeccionadas  pelos próprios detentos fazendo renascer das suas próprias mãos, alegria de viver, e o sonho de dias melhores fora das grades depois da pena cumprida.


Detentos produzindo trabalhos artesanais

O blog Sjnotícias hora por outra visita os presídios de São Luís, e observa as obras de artes criadas pelas mãos dos detentos.
No segundo semestre de 2013, estivemos no presídio de paço do lumiar. Lá, a paz reina, não existe rebelião, tentativa de fuga, assassinatos, e nem brigas. O que existe naquela unidade prisional é muito trabalho, detentos recebem material fornecido pelo  governo para desenvolver seu trabalho artesanal, gerando sua própria renda para ajudar a família.

retirado do Blog  sjnoticiasma

http://sjnoticiasma.blogspot.com.br/2014/03/a-arte-que-vem-dos-presidios-de-sao.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.