quinta-feira, 20 de março de 2014

Dois assaltantes morrem e um é preso após confronto com policiais

GTA e Seic faziam buscas após assalto a carro-forte, em Sítio Novo.Homem preso é foragido do Pará, onde deve cumprir 60 anos de prisão.


Dois assaltantes foram mortos e um terceiro foi preso num confronto com policiais, após um assalto em uma fazenda no município de Ribamar Fiquene, na Região Tocantina.

A polícia estava em outra operação,motivada pelo assalto a carro-forte em Sítio Novo. Homens do GTA e da Seic se depararam com duas caminhonetes em alta velocidade, no povoado Paciência. 

"Nós demos voz para eles pararem o carro, eles não pararam. Fugiram. Então começou a perseguição por terra e pela aeronave do GTA. Fizemos o cerco em um local de eucalipto, houve troca de tiros, na qual dois assaltantes morreram no local e um foi preso", explicou o delegado Thiago Bardal.

O homem que foi preso estava com um revólver calibre 38. Os dois mortos também estavam armados: um com um revólver calibre 38 e um com uma pistola ponto 40. "Dentro do carro nós achamos cofres, joias, roupas, que era fruto de um assalto em uma fazenda em Sumaúma, onde renderam os proprietários de forma muito violenta e levaram dois carros. Um dos mortos ainda não está identificado. O outro está identificado pelo nome de Elcimar, mas o documento é falso. Sabemos que ele é do Ceará. O preso, José Carlos de Barbosa Lacerda, é foragido do Pará, onde tem 60 anos de prisão para cumprir por homicídio e roubo", disse o delegado.

Com relação ao carro forte, já há pistas e a previsão é que até segunda-feira tenhamos alguma novidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.