sexta-feira, 21 de março de 2014

Operação da Polícia Civil recaptura foragido da Justiça e prende traficante na região central do estado

Em mais uma ação de combate à criminalidade na região central do estado, a 16ª Delegacia Regional de Polícia Civil deflagrou uma operação que culminou na prisão de duas pessoas. As ações aconteceram nas cidades de São Luis Gonzaga e de Bacabal, na quinta-feira (20) e na sexta-feira (21), respectivamente. Em uma das incursões, um foragido da Justiça foi recapturado. Em outra, um suspeito de envolvimento com o tráfico de drogas foi preso.

Na ação desta sexta-feira (21), as equipes policiais, coordenadas pelo delegado Carlos Alessandro Rodrigues, titular da 16º delegacia Regional, deram cumprimento ao mandado de prisão expedido em março de 2014 em desfavor de Renato Frazão Silva, 28 anos.  A ordem judicial foi expedida pelo juiz da 3ª Vara de Bacabal, Joselmo Sousa Gomes e diz respeito ao crime de porte ilegal de armas cometido no município de Bacabal.

De acordo com o regional de Bacabal, Carlos Alessandro após a prisão do foragido que ocorreu em via pública, as equipes policiais se deslocaram até a residência do suspeito.  No local, a polícia apreendeu uma pequena quantidade de maconha, três pedras de crack e várias munições de calibre 38.

 Trafico de drogas
Já nas ações em São Luís Gonzaga a Polícia Civil efetuou a prisão de Denílson Silva Pereira, 23 anos, suspeito de envolvimento com o tráfico de drogas. Ele foi detido após denúncias anônimas informarem que ele vendia entorpecentes naquela região.

Ao chegar à residência do criminoso, na Rua Godofredo Vianna, centro, naquela cidade, os policiais civis foram recepcionados por Denilson com arma em punho, pronto para reagir à prisão.  No entanto, ao perceber o cerco policial montado, decidiu se entregar.

No local, foi apreendido um revólver calibre 38, municiado e, ainda, a quantia de R$ 760 em espécie.

Renato e Denílson foram encaminhados para a sede da delegacia Regional de Bacabal e autuados em flagrante por porte ilegal de munição e tráfico de drogas. Eles permanecerão detidos à disposição da Justiça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.