terça-feira, 25 de março de 2014

Polícia Civil recupera 17 veículos roubados e prende assaltantes

Uma operação deflagrada por investigadores da 4ª Delegacia Regional de Codó culminou na recuperação de 17 veículos roubados e na prisão de dois suspeitos de comercializar e praticar os roubos. Os policiais efetuaram a prisão de Fernando Sousa Macário, 19 anos, no Povoado Quatro Bocas, em Zé Doca, na segunda-feira (24). No momento da prisão, ele e mais dois comparsas pilotavam duas motocicletas roubadas, uma Factor de cor azul e outra Pop de cor vermelha.

Ao perceberem a presença da polícia, os suspeitos dispararam contra os investigadores. Dois criminosos conseguiram empreender fuga pelo matagal. As duas motocicletas foram apreendidas. Na delegacia, Fernando delatou os outros envolvidos na quadrilha.

Um deles identificado como Tiago dos Santos Nascimento, 18 anos, foi preso, na manhã desta terça-feira (25), em sua residência, localizada na Rua São José, bairro São Francisco, em Codó. No local, os policiais apreenderam uma motocicleta Pop de cor preta que seria  roubada. Ele foi encaminhado à 4ª Delegacia Regional.

O delegado Rômulo Vasconcelos, titular da 4ª Regional, informou que a quadrilha é composta por cinco homens. Tiago furtava os veículos e os revendia no município, já Fernando era responsável só pelas vendas. Os outros três foram identificados e o delegado já representou pela prisão dos suspeitos. Os nomes dos suspeitos são mantidos em sigilo para não atrapalhar nas investigações.

O delegado informou que a quadrilha roubava e vendia as motocicletas nos povoados do município de Codó há vários anos. As outras 14 motocicletas foram localizadas em diversos povoados da cidade após os detidos indicarem quem eram os compradores dos veículos. As motocicletas foram levadas para o pátio da delegacia regional.

Vários veículos já foram devolvidos aos proprietários. As pessoas que estavam com os veículos foram intimadas a comparecer ao distrito policial. O delegado titular da 4º Regional informou, ainda, que a quadrilha vendia as motocicletas entre R$ 1.500 e R$ 2.000, porém eles estão avaliadas entre R$ 5 mil e R$ 8 mil.

Tiago e Fernando vão ser autuados em flagrante delito pelos crimes de Receptação e Formação de Quadrilha, pelo delegado Rômulo Vasconcelos. Eles estão custodiados na regional de Codó à disposição da Justiça. A polícia está no encalço dos outros três integrantes da quadrilha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.