terça-feira, 4 de março de 2014

policiais civis do 16º DP, cumpriu dois mandados de prisão

Por  volta das 16hs00min, a equipe de policiais civis do 16º DP,  cumpriu DOIS MANDADOS DE PRISÃO expedidos em face de ARIELSON DE SOUZA SEGUINS, brasileiro, natural de São
Luís/MA, nascido em 25/04/1991, com 22 anos de idade, filho de Adiel
Monteiro Seguins e Rosângela Moraes de Souza, residente na Vila
Embratel, nesta cidade.

A equipe policial encontrava-se fazendo diligências pelo Bairro Vila
Embratel, quando abordou ARIELSON, o qual ainda tentou fugir com a
chegada dos policiais, no entanto, conseguiram contê-lo.

Segundo investigações policiais realziadas pelo 16º DP, ARIELSON é
apontado como um dos autores do homicídio cometido em face de RAFAEL
MARTINS, no dia 14/08/2012, fato este ocorrido na Vila Sapinho/Vila.

As investigações policiais apontaram, ainda, que ARIELSON DE SOUSA
SEGUINS integra uma facção criminosa ligada ao tráfico de drogas
captaneada pelo elemento identificado como "Tobias", cujos membros
agem de forma violenta e costumam eliminar membros de grupos rivais.



Segundo o Inquérito Policial a vítima foi morta por engano, pois ele
pretendia matar o elemento conhecido por "Chibiu", mas os disparos
acabaram atingindo Rafael Martins. Consta que a vítima vinha andando
em companhia de "Chibiu" quando foram surpreendidos por ARIELSON e
segundo indivdiuo, quando desferiram vários disparos que acabaram por
atingir mortalmente Rafael Martins. Com o envio do Inquérito Policial,
 MM Juiza da 3º Vara do Tribunal do Júri da Capital, Dra. Katya Coelho
Dias, expediu o Mandado de Prisão Preventiva em face de ARIELSON.

O segundo MANDADO DE PRISÃO, foi expedio pela 7º Vara Criminal, Dr.
Fernando Luiz Mendes Cruz, por força de sentença condenatória, onde
ARIELSON foi condenado a cinco anos e quatro meses pela prática do
crime de roubo duplamente qualifciado.  

Consta que  no dia 08 de maio de 2008, por volta das 10 horas, no
 interior da casa lotérica denominada "Lotérica Boa Sorte", localizado
 na Avenida dos Português,116, Vila Embratel, nesta cidade, ARIELSON, 
em companhia de 01(um)individuo não identificado, utilizando-se de 
violência e grave ameaça, subtraíram a quantia de R$7.225,39
(sete mil, duzentos e vinte e cinco reais e trinta e nove centavos), que
 pertencia àquele estabelecimento.


Com a prisão, ARIELSON foi conduzido para o 16 º DP e apresentado ao
Delegado de Polícia Civil Danilo Veras, local em que foram adotadas as
providências legais e encaminahdo ao Centro de Triagem de Pedrinhas
para permanecer custodiado a disposição da Justiça.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.