terça-feira, 18 de março de 2014

Show “Aos nossos mestres” homenageará grandes artistas da cultura maranhense

De Aidê Rocha

Homenagear em grande estilo os saudosos mestres da cultura popular do Maranhão. Esse é o objetivo do show “Aos nossos mestres” que acontecerá dia 27 de março, às 20h, no Teatro Arthur Azevedo e é assinado pela produtora Negro Axé.  

         Serão homenageados cantores e compositores maranhenses que contribuíram de maneira ímpar à cultura do estado. São eles: Antônio Vieira, Dona Elza, Preto Ghoéz, Escrete, Coxinho, Donato, João do Vale, Nonato Buzar, Nelson Brito, Mestre Felipe, Cristovão Alô Brasil, Terezinha Jansen, Lopes Bogéa, Gerô, Seu Teodoro, Dilú Melo, Mestre Leonardo, Dona Teté e João Carlos Nazareth.

        “São mestres já falecidos, alguns bastante conhecidos e outros desconhecidos pelos próprios conterrâneos, mas com um legado imortal e que deve ser revisitado com frequência e sem deixa-los cair no esquecimento”, explicou o produtor e idealizador do evento Raydenisson Sá.

         Darão vozes aos sucessos desses mestres, os cantores  maranhenses Fátima Passarinho, Rosa Reis, Marco Duailibe, Walkerleny Soeiro, Tássia Campos, Tutuca Viana, Carol Cunha, Alexandra Nícolas, Luciana Pinheiro, Lena Machado, Anna Claudia Farias, Célia Sampaio, Jhoie Araújo, Camila Boueri, Paulinho Akomabu, Tadeu de Obatalá e Fernando de Carvalho. Ainda a participação da cantora francesa Andrea Canta que já se considera filha da terra e abraçou a cultura do estado em sua musicalidade.

         O elenco que fará parte do show tem, em sua maioria, influência direta dos homenageados. Preto Ghoez sobre Célia Sampaio; Antônio Vieira sobre Ana Claudia Farias e Nonato Buzzar sobre Fernando de Carvalho, são alguns exemplos. Segundo o produtor, a ideia é levar à  memoria do público o legado importante deixado por todos os mestres que fizeram e fazem parte da construção da música e da cultura popular maranhense.

     Os ingressos para o show estão sendo vendidos por R$20 na bilheteria do Teatro Arthur Azevedo ou através da produção Negro Axé pelos números (98) 9604 4853/ 8246 5984.


    

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.