quarta-feira, 5 de março de 2014

Subcomandante da PM supervisiona policiamento de carnaval de São Luís

O subcomandante geral da PM, coronel João de Quadros Nepomuceno, supervisionou, na segunda-feira gorda de carnaval (3), o policiamento da festa momesca nas ruas do centro da capital maranhense.

 Iniciando o percurso na Praça Deodoro, onde está sendo o ponto principal das atrações e concentração das brincadeiras do carnaval deste ano em São Luís, e percorrendo, a pé, toda a Rua do Passeio, o coronel Nepomuceno, acompanhado de sua equipe, supervisionou todos os pontos onde o policiamento foi distribuído ao longo do circuito do carnaval de rua. Também fez parte da equipe de trabalho o coronel Mariano Neto, diretor de Apoio Logístico da Corporação. O subcomandante conversou com cada oficial coordenador de área e deu orientações aos PMs.

 Ainda, na Rua do Passeio, o coronel Nepomuceno foi abordado por alguns foliões, de quem ouviu elogios acerca do policiamento empregado. “A PM está fazendo um trabalho satisfatório. Para onde vamos, encontramos policiais militares posicionados”, disse a foliã Cláudia Ramos. O subcomandante conversou, também, com a secretária de Estado de Cultura, Olga Simão, e com o chefe do Gabinete Militar do Governo do Estado, coronel Vieira. Ambos também acompanhavam as brincadeiras do carnaval de rua, no centro de São Luís.

Mais de 600 policiais militares estão sendo empregados, por dia, para garantir a segurança do folião. O policiamento da festa de momo foi realizado a pé, em viaturas, por meio de cavalos e torres de monitoramento.

Uso da tecnologia
 A Polícia Militar lançou mão da tecnologia para auxiliar o policiamento convencional. Além das câmeras de vídeo monitoramento instaladas nos circuitos carnavalesco, está sendo utilizado um Comando Móvel, que é um ônibus equipado com câmera telescópica, rádio monitoramento e internet para envio de dados. A câmera, de alta resolução e operada por um policial de dentro do veículo, atinge uma altura de 15 metros. O operador pode fazer observações em 360 graus a uma distância de cerca de 500 metros. O coronel Nepomuceno acompanhou de perto a operação desse equipamento que foi posicionado no bairro da Madre Deus.

 Encerrando os trabalhos de supervisão, o subcomandante foi até a passarela do samba, no Anel Viário, onde deu orientações ao policiamento local.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.