quarta-feira, 23 de abril de 2014

Assaltantes são presos em Itinga do Maranhão

Investigadores da Polícia Civil e militares da Companhia Independente prenderam dois envolvidos na tentativa de roubo à residência de uma vendedora de joias na cidade de Itinga do Maranhão. O fato foi registrado, na tarde da última quarta-feira (16). Os dois suspeitos foram identificados como Gerson de Jesus Santos, 19 anos, e Weks da Silva Sousa, 18, ambos naturais de Imperatriz.
No momento da prisão, a dupla pilotava uma motocicleta Fan de cor preta e placas NWU 2042 e portava dois revólveres de calibres 32 e 38.
De acordo com informações do delegado José Luís Lima Furtado, titular da delegacia de Itinga do Maranhão, os dois jovens abordaram uma adolescente que estava entrando em sua residência, localizada na Rua Beija Flor, nº 53, Bairro São Sebastião, naquele município e anunciaram o assalto.
Na casa, estavam a vendedora de joias e o filho dela de seis anos e uma sobrinha que foi abordada pelos criminosos. Os bandidos chegaram ao local perguntando sobre as joias. A vendedora entregou o mostruário e eles, segundo apurou o delegado, acharam que a vítima havia apresentado poucas joias. Irritados, eles amarraram as duas no quarto e fizeram diversas ameaças, entre elas, atear fogo nas três vítimas, caso não entregasse o restante das joias. A a vendedora afirmou não possuir mais nenhuma jóia na casa.
Uma vizinha viu os dois homens entrarem na casa e acionou a polícia. Os policiais cercaram a residência e iniciaram uma negociação como os assaltantes, que durou cerca de 1 hora.

Negociação
A dupla de assaltantes solicitou dois coletes balísticos à polícia. Eles disseram que a proporção que os coletes fossem entregues, eles liberariam as vitimas e entregariam as armas. Após a negociação, os dois assaltantes libertaram os reféns e em seguida se entregaram.
A dupla foi encaminhada à delegacia de Itinga do Maranhão.  Gerson e Weks foram autuados em flagrante delito pelos crimes de Cárcere Privado, Roubo Qualificado e Porte Ilegal de Arma de Fogo Qualificado, pois os revólveres estavam com a numeração raspada. Eles confessaram o crime.
O procedimento foi lavrado pelo delegado José Luís Lima Furtado, titular da delegacia de Itinga do Maranhão. A dupla de assaltantes foi encaminhada à 9ª Delegacia Regional em Açailândia. Eles também são suspeitos de praticar um roubo à joalheria Brasil Joias, o início do ano, em Açailândia.
As vítimas devem comparecer à delegacia para fazer o reconhecimento. Se for confirmado, eles vão responder também por este delito. Em seguida, devem ser recambiado ao Centro de Detenção Provisória de Açailândia.

Ficha Criminal
Gerson de Jesus Santos tem passagem também por roubo. No final de fevereiro, ele foi preso em Imperatriz pela prática de roubo a um restaurante do município. Ele ficou preso 10 dias. Weks da Silva Sousa, quando adolescente, foi apreendido por cometer um ato infracional por roubo.
O delegado José Luís Lima Furtado informou que um terceiro homem que teria dado apoio à dupla já foi identificado. O homem teria procurado os dois jovens em Imperatriz para praticar o crime. Ele teria hospedado os dois jovens na residência dele e mostrado à casa da vendedora de joias. Também, teria elaborado um plano de fuga para os assaltantes. “Vamos investigar a informação de que um preso que está na delegacia regional tenha sido o mentor intelectual do assalto”, completou o delegado.
O delegado informou que a motocicleta usada pelos assaltantes é de propriedade de um preso. A polícia chegou até o presidiário por meio das ligações feitas pelo celular da vítima. Na delegacia regional não foi encontrado nenhum aparelho celular. “Se comprovado que o interno planejou o crime, ele será indiciado como participe do roubo. O crime foi planejado há 10 dias. Parte do valor seria entregue ao detento”.    

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.