quarta-feira, 16 de abril de 2014

OUTRA CRIANÇA FOI MORTA, DESTA VEZ A BALA. É POLÍCIA NAS RUAS, NÃO NA CADEIA, NÃO EM GREVE, DRA. ROSEANA

JM Cunha Santos


Jacyara, 9 anos, atingida por três tiros de pistola .40.
Depois da comoção nacional provocada pelo brutal assassinato da menina Ana Clara, 6 anos, incendiada em São Luís por filhos de Belzebu, ordenanças assassinos de traficantes recolhidos à Penitenciária de Pedrinhas, morre na Vila Cruzado, Jacyara, 9 anos, atingida por três tiros de pistola .40.

E, para desgraça ainda maior de São Luís, policiais militares enganados por João Alberto ameaçam retomar o movimento grevista logo após a Semana Santa. Se acontecer, será a terceira greve sucessiva da força pública num estado brasileiro em um único mandato governamental. 

Um recorde da irresponsabilidade, da embromação, da empulhação e da estupidez.
O soldado Leite (ainda preso¿) e o cabo Campos, acusados de liderar o movimento, ao invés da anistia prometida por João Alberto e companhia, ganharam a reabertura de um processo disciplinar que pode mandá-los para a cadeia por muito tempo.

Na sessão da Assembléia de ontem, o deputado Bira do Pindaré afirmou que a situação é temerária, acrescentando que nós estamos com os piores indicadores de homicídios do mundo, não só do Brasil.

Pelas anãs claras e jacyaras desta cidade, chega de mentira, basta de tanta violência e insegurança. É polícia nas ruas e não na cadeia, senhores comandantes militares; é polícia nas ruas e não na cadeia, senhora governadora do Maranhão!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.