segunda-feira, 14 de abril de 2014

Polícia Civil investiga mortes ocorridas no Complexo Penitenciário de Pedrinhas

A Polícia Civil já instaurou inquéritos para apurar as duas mortes ocorridas, no fim de semana, em unidades do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís.

Os dois crimes estão sob a investigação da Delegacia de Homicídios. O primeiro caso foi registrado no sábado (12), por volta das 10h, no corredor do Bloco Alfa da Central de Custódia de Presos de Justiça (CCPJ), e teve como vítima o preso João Altair Oliveira Silva, 18 anos. Ele foi encontrado com várias perfurações pelo corpo. O detento respondia pelo crime de assalto cometido na capital.

Já o segundo caso ocorreu no domingo (13), por volta das 17h30. Wesley Sousa Pereira de 22 anos foi encontrado enforcado com um lençol, em uma cela desativada do Presídio São Luís I. O indivíduo estava custodiado naquela penitenciária pelo crime de assalto na cidade de Pinheiro.

De acordo com o delegado Jefrey Furtado, titular da Delegacia de Homicídios, a Polícia Judiciária está tomando depoimento de outros detentos que estavam na mesma cela ou que tiveram contato com as vítimas, além de servidores e funcionários que trabalham nesses dois presídios. Além disso, a Delegacia de Homicídios aguarda a conclusão dos trabalhos de perícia do IML e do Icrim.

“Estivemos no local e fizemos todo o trabalho de campo a fim de obter as informações iniciais a cerca dos fatos e estamos dando prosseguimento às investigações para apurar as circunstâncias, as motivações e a autoria dos crimes”, disse Jefrey.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.