quinta-feira, 15 de maio de 2014

Combate à Gripe Influenza

Com 82% de cobertura vacinal, Alcântara é líder na região metropolitana



                      Com saúde não se brinca e como prevenir é melhor que remediar a Prefeitura de Alcântara, por meio da Secretária Municipal de Saúde, realizou um avançado plano estratégico de trabalho que intensificou as ações para vacinar crianças, trabalhadores da saúde, gestantes, puerperas (mães de recém-nascidos), indígenas e idosos na campanha nacional de vacinação contra a gripe influenza, neste primeiro semestre.
            O sucesso dos trabalhos garantiu mais uma importante conquista à população alcantarense. Com 82% de cobertura vacinal, Alcântara ficou em primeiro lugar entre os municípios da região metropolitana, formada pela capital, São Luís, Paço do Lumiar, Raposa e São José de Ribamar. Dados da vacinação nacional aponta ainda que 20 dos 217 municípios maranhenses alcançaram a cobertura vacinal contra a gripe. Alcântara foi o único município da região metropolitana a atingir esse resultado.
          
                        Ao todo, 4.221 alcantarenses foram vacinados contra a gripe Influenza. Foram distribuídos 3.475 da vacina e a cobertura municipal chegou a 82,33%. Antes em ruínas, a saúde pública de Alcântara agora avança com a gestão do Prefeito Domingos Araken, com a construção da Unidade Básica de Saúde (UBS) do Mangueiral, ampliação para 11 equipes do Programa Saúde da Família e mais 11 médicos já residentes no município.

            Alcântara garantiu ainda o termo de compromisso do Governo do Maranhão para a construção do hospital de urgência e emergência e até junho deste ano a cidade deverá receber novos aparelhos para exames de raios-x. Foram realizadas ainda a reforma completa e adequação das UBS de Peptal e Marudá, que também receberam apoio do Centro de Inclusão Digital, e a UBS de Cajueiro. A Unidade Mista Dr. Neto Guterres também inova com a garantia de estoque regular e atualizado da farmácia e todas as equipes médicas e administrativas foram capacitadas e atendem a população 24 horas.
Fonte: Jornal Paulo Washington

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.