sexta-feira, 2 de maio de 2014

PM prende suspeitos de assaltar agência dos Correios e traficar drogas em Axixá

Uma ação do militares lotados na 7ª Companhia Independente da cidade de Rosário resultou na prisão, em flagrante delito, na última quinta-feira (1º), de Edson Santana Silva, 27 anos, Almir Silva do Carmo, 41, e Carlos Henrique Silva Filho, 20 anos, suspeitos de traficar drogas no município de Axixá. A polícia ainda investiga a participação do trio no assalto à agência dos Correios daquele município e no latrocínio (roubo seguido de morte) que vitimou José Mário Vieira Teixeira, de 29 anos.
O trio foi detido no povoado Rui Vaz, zona rural de Axixá. Eles foram localizados após denúncias anônimas delataram que os criminosos eram os responsáveis pela comercialização de drogas naquela região.
Na operação, a PM apreendeu 20 papelotes de maconha e um tijolo pequeno da mesma droga, 27 papelotes de crack, quatro papelotes de cocaína, um veículo Corsa Classic bege, placas NMR-2721 de São Luís e uma garrucha, arma de fabricação caseira.
De acordo com o delegado Guilherme Sousa Filho, que está em ordem de missão na cidade, os elementos praticavam vários assaltos no município e são suspeitos de assaltar a agência dos Correios de Axixá.
Conforme explicou a PM, na tarde da última quarta-feira (30) dois homens armados invadiram o local e renderam os funcionários e clientes e subtraíram a quantia de R$ 130 mil reais da agência. Após o roubo, a dupla empreendeu fuga em uma motocicleta de cor vinho.
Ainda na quarta-feira (30), explicou o delegado Guilherme, os indivíduos e um comparsa teriam participado do latrocínio que vitimou José Mário Vieira Teixeira, de 29 anos. Na ação criminosa, as quatro pessoas tentaram tomar de assalto a motocicleta da vítima.
Na ocasião, José Mario reagiu e foi atingido com um tiro. A vítima não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O grupo não conseguiu roubar o veículo, pois a motocicleta caiu em um riacho.
Após a prisão, o trio foi encaminhado para a delegacia de Axixá e autuados pelos crimes de tráficos de drogas e porte ilegal de arma.  Após os procedimentos policiais, os elementos foram recambiados paro Centro de Triagem de Pedrinhas, em São Luís.
A Policia Civil já instaurou dois inquéritos, presididos pelo delegado Guilherme Sousa Filho, para apurar o envolvimento do grupo no assalto à agência dos Correios, que posteriormente será encaminhado para a Polícia Federal para a conclusão, e no crime de latrocínio, que será concluído pela Polícia Civil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.