quinta-feira, 22 de maio de 2014

Polícia Civil elucida morte de mãe e filha em Cantanhede

A Polícia Civil de Cantanhede, com apoio de equipes da 2ª Delegacia Regional de Itapecuru identificou o autor do assassinato de Luciane Ferreira da Silva Teixeira, de 33 anos e de sua filha Ane Vitória Teixeira Rodrigues, no centro de Cantanhede. O vizinho das vítimas foi apontado como principal suspeito do crime.

Segundo o delegado regional de Itapecuru, George Antônio Silveira, Dielson dos Santos, de 22 anos, é vizinho das vítimas e o assassino confesso de mãe e filha. Ele confessou à Polícia que matou as duas na madrugada do domingo.

O caso
Luciane e Ane Vitória foram encontradas mortas dentro do quarto da casa em que moravam, no centro da cidade, na madrugada do último domingo (18). Segundo primeiros levantamentos policiais, as vítimas apresentavam marcas de pauladas na cabeça. Segundo o delegado, as vítimas foram mortas enquanto dormiam.

Inicialmente a polícia suspeitou de João de Deus, companheiro de Luciane e pai de Ane Vitória No momento do crime ele não se encontrava na casa e especulações que tomaram conta da cidade o apontavam como suspeito. Ao investigá-lo a polícia confirmou seu álibi, já que, no dia do crime, ele estava na cidade Barreirinhas.

Os policiais levantaram informações de que um vizinho das vítimas supostamente teria problemas mentais e, segundo populares, costumava realizar furtos na região. “Identificamos que ele é usuário de drogas e, em face à necessidade de suprir seu vício, realizava pequenos delitos”, revelou o delegado. Dielson foi detido na última terça-feira (20) e confessou o crime.

Em depoimento à polícia ele contou com riqueza de detalhes como entrou na residência e matou mãe e filha. Ele revelou que por volta das 3h arrombou a janela e tentou entrar na casa, mas percebeu que alguém havia acordado. Decidindo, então, sair para se armar com um pedaço de pau, para, em seguida, retornar à residência das vítimas. Ele confessou que ao entrar na casa foi direto ao leito onde dona Luciane dormia e lhe aplicou três pauladas. Foi quando Ane acordou e ele, então, lhe aplicou duas pauladas, fugindo em seguida com a moto de seu pai, contou o delegado.

O delegado George ainda reforçou que a confissão de Dielson foi reforçada por depoimentos de testemunhas, que disseram ter ouvido gritos durante a noite e, em seguida, barulho de uma motocicleta deixando o local em alta velocidade. Dielson confessou à polícia que abusou de Luciane Teixeira. A Polícia ainda vai investigar essa informação, mas só será possível confirmar ou não depois do exame cadavérico.

Dielson foi autuado em flagrante pelo crime de homicídio duplamente qualificado. Ele permanecerá detido à disposição da Justiça O delegado preferiu não informar o local, devido aos ânimos estarem bastante exaltados na cidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será avaliado e liberado posteriormente.

Obrigado pela sua participação.